LIGA BPI»» Amora 1 Torreense 1 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

segunda-feira, 11 de outubro de 2021

LIGA BPI»» Amora 1 Torreense 1

Resultado justo para o que se passou em campo…



AMORA EMPATA EM CASA COM TORREENSE EM JOGO INTENSO MAS MUITO QUEZILENTO


 


Jogo teve 14 minutos de compensação devido à longa paragem para assistência a duas jogadoras do Amora que tiveram que sair de campo em maca


 



Amora e Torreense, duas das equipas que lutam pela qualificação para a fase de apuramento de campeão que garante desde logo a manutenção na principal prova de futebol feminino nacional, empataram a uma bola em jogo realizado no Centro de Treinos do Serrado, relativo à 4.ª jornada da Liga BPI.


A partida foi disputada de forma intensa, houve muita luta e em determinados momentos até foi quezilenta, facto que obrigou a árbitra da partida (Diana Henriques, de Coimbra) a dar 14 minutos de compensação em virtude de uma longa paragem para assistência à guarda-redes do Amora, Ana Rita Oliveira (que foi substituida por Joana Simões), e também a Ana Rocha, que tiveram que sair de campo em maca.



Na primeira parte o jogo foi repartido mas o Amora foi para o intervalo a vencer por 1-0 fruto do golo marcado por Matilde Figueiras (42’), pouco depois de Mafalda Marujo ter atirado ao poste.


No reatamento a equipa de Torres Vedras entrou disposta a alterar o rumo dos acontecimentos, assumiu o comando do jogo e foi superior. Chegou à igualdade pela jogadora mais perigosa da equipa, Caroline Kehrer, aos 59 minutos, e fez tudo para alcançar a vitória mas as amorenses bateram-se galhardamente e seguraram o empate que foi inteiramente merecido e talvez o desfecho mais justo para aquilo que se passou em campo.


Na classificação geral que é comandada pelo Sporting com 10 pontos, o Amora segue no quarto lugar com cinco pontos, menos três que Torreense e menos quatro que Benfica, terceiro e segundo classificados.


Na próxima jornada que se disputa apenas no dia 31 de Outubro o Amora desloca-se ao reduto do Estoril.


Nesta partida, o treinador Gonçalo Nunes fez alinhar a seguintes jogadoras: Ana Rita Oliveira (Joana Simões, 74’); Beatriz Rodrigues, Tako, Matilde Figueiras (Carla Cardoso, 90+13’), Mariana Alberto (Carolina Ribeiro, 45’); Nicole Nunes, Rafa Sudré, Ana Rita Viegas; Andreia Veiga (Lili Venegas, 74’), Ana Rocha (Sara Brasil, 85’) e Mafalda Marujo.

 

 

TREINADOR DO AMORA, GONÇALO NUNES:


“Incidências condicionaram o plano de jogo”

 



“Foi um jogo atribulado com muitas incidências que acabaram por condicionar um pouco o nosso plano de jogo, sobretudo na segunda parte. A partir de certa altura tivemos que salvaguardar o resultado. Não é a forma como costumamos abordar os jogos mas neste caso teve que ser”, disse no final do encontro o treinador do Amora, que considera o resultado justo.



“O empate assenta bem àquilo que foi o jogo, porque nenhuma equipa conseguiu ser melhor que a outra. Na primeira parte tivemos mais oportunidades mas na segunda o Torreense teve mais bola mas nós conseguimos mantermo-nos sempre unidas e não permitimos grandes situações de golo”.


Post Bottom Ad

Responsive Ads Here