TAÇA DE PORTUGAL»» Alcochetense 0 Loures 1 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

7 de setembro de 2015

TAÇA DE PORTUGAL»» Alcochetense 0 Loures 1

Golo aconteceu a meio da segunda parte…

ALCOCHETENSE DEU BOA RÉPLICA MAS UM DESLIZE DEITOU TUDO A PERDER

O Alcochetense, que jogava em casa contra uma equipa de divisão superior, não conseguiu concretizar o seu objectivo que passava pela vitória para poder seguir em frente na Taça de Portugal.

A tarefa era complicada devido à diferença de valores entre as duas equipas mas mesmo assim a equipa da casa não se amedrontou e encarou o jogo de olhos nos olhos dificultando a acção do adversário que também não encontrava argumentos para dar a volta à situação.

A equipa do Loures - que já havia feito dois jogos oficiais no seu campeonato [CNS] enquanto o Alcochetense se apresentava pela primeira vez acabou em jogos a valer – acabou por ganhar por uma bola a zero com um golo marcado no decorrer da segunda parte aproveitando um pequeno deslize da formação orientada por José Pedro que não se apresentou na sua máxima força por lesão de alguns jogadores.  

No final e apesar da derrota ficou a ideia de que a equipa de Alcochete deu uma boa resposta e que os seus adeptos têm razões de sobra para acreditarem nela porque valor é coisa que não lhe falta, como de resto ficou demonstrado sobretudo no decorrer da segunda parte.

De registar, entretanto, as estreias na equipa de João Rocha e Pedro Paiva (ex-Santa Iria), Heta (ex-Monte de Caparica) e Pipo (ex-Almada).




JOSÉ PEDRO, treinador do Alcochetense:

“A derrota tem um sabor amargo porque queríamos seguir em frente”

“Sabíamos que o Loures este ano está a postar tudo para subir à II Liga, que tem um orçamento nada comparável ao nosso, muitos jogadores bons no onze titular e um bom banco. E nós, que temos uma equipa boa para o distrital, apresentámo-nos algo condicionados devido à ausência de alguns jogadores como é o caso do Ricardinho, Miguel Serôdio, Sequeira e com alguns jogadores novos que entraram para a equipa, que ainda não estão devidamente integrados. Preparámos o jogo com os que estavam disponíveis e acabámos por dar uma boa resposta a uma equipa de escalão superior que teoricamente era mais forte. Os nossos jogadores não foram nada inferiores e só perdemos porque cometemos um deslize que resultou no único golo do desafio. Importa também salientar que o Loures já está em competição há algum tempo e nós só agora fizemos o nosso primeiro jogo oficial. Apesar de tudo isto, a derrota acaba por ter um sabor amargo porque foi sofrida em casa perante os nossos adeptos e porque nós queríamos seguir em frente na Taça de Portugal. Para o primeiro jogo oficial, creio que demos uma boa resposta. Agora vamo-nos concentrar na taça do distrito e no campeonato competições em que temos muita ambição e objectivos bem definidos. Neste jogo, o grupo esteve bem. Por isso, quero deixar uma palavra aos jogadores pelo empenho, pela atitude colectiva e pela vontade de querer chegar ao golo e resolver a eliminatória”. 





Ficha do Jogo

Jogo no Campo António Almeida Correia (Foni), em Alcochete
ÁRBITRO: Anzhony Rodrigues (Madeira)

ALCOCHETENSE: Ziotti; Bruno Pais, Gaspar, João Rocha, Kiki (Heta, 55’); Piqueira, Tiago Carvalho, Feiteira; Pipo (Queijinho, 65’), Pedro Paiva (Marco Véstia, 70’) e Willy.
TREINADOR: José Pedro

LOURES: (a aguardar informação)
TREINADOR: João Sousa

Ao intervalo: 0-0

Marcador: 1-0, Rui Varela (72')

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here