SELECÇÃO DISTRITAL SÉNIOR»» Rescaldo do primeiro treino - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

sexta-feira, 19 de novembro de 2021

SELECÇÃO DISTRITAL SÉNIOR»» Rescaldo do primeiro treino

Diz o seleccionador distrital Luís Firmino…


“ESTAMOS CONTENTES COM A ‘MATÉRIA-PRIMA’ QUE TEMOS E CONFIANTES NAQUELA VIRÁ NOS PRÓXIMOS TREINOS”

 


Em declarações ao site da AF Setúbal, Luís Firmino fez o rescaldo do primeiro treino e, Amândio Jesus, o director que vai acompanhar s trabalhos da selecção, deu as boas vindas à equipa técnica e jogadores

 

 

A Selecção Distrital de Futebol Sénior da Associação de Futebol de Setúbal, que tem por base os jogadores que atuam no Campeonato Distrital Sub-22, iniciou, na passada quarta-feira, no Campo do Juncal (Moitense), a etapa preparatória que tem em vista a presença competitiva na Fase Zonal Interassociações da edição 2022 da Taça das Regiões da UEFA.


“O primeiro treino correu muito bem”, começou por afirmar ao afsetubal.pt Luís Firmino, seleccionador que assume a liderança da equipa técnica distrital a quem foi confiada a missão de liderar a selecção maior do futebol masculino da AF Setúbal no âmbito da Taça das Regiões da UEFA, prova reservada a jogadores amadores, representantes de associações de futebol distritais e regionais, e que se realiza, tradicionalmente, de dois em dois anos.    



Reconhecido à AF Setúbal pelo convite institucional que recebeu para se estrear à frente da selecção distrital, Luís Firmino não hesitou em assumir-se motivado para protagonizar um trabalho que visa contribuir para o reforço da valorização futebol da nossa região, o qual ficou bem patente logo no treino inaugural.


“Felicito, desde já, os clubes, porque o grupo de jogadores que esteve presente na primeira sessão de trabalho mostrou muito valor, qualidade técnica e evidenciou bons princípios e intensidade de treino”, destacou o seleccionador distrital, reconhecendo que este conjunto de observações foi registado com agrado pela equipa técnica. “Ficamos contentes com a ‘matéria-prima’ que temos para trabalhar e confiantes naquela virá nos próximos treinos”.



Luís Firmino reforçou ainda que os futebolistas que integraram o treino de abertura, apesar de muito jovens, demonstraram personalidade e carácter, factores que “potenciam o desejado espírito colectivo que queremos cimentar”. “Os atletas não tiveram reservas em promover a interacção e isso, sobressaiu, fazendo com que a união de grupo siga a ser fortalecida”, assinalou.


Tal como os jogadores, o seleccionador distrital garantiu que a equipa técnica “está muito motivada” para contribuir com reconhecida experiência e competência em prol das cores da AF Setúbal. “São elementos desde há muito ligados ao futebol e com meritórias carreiras, no futebol distrital e nacional. Tenho total confiança no trabalho de todos e da sua competência”, elogiou Luís Firmino, lembrando que nos últimos tempos a equipa de responsáveis técnicos que integra a nossa selecção realizou um trabalho intenso de observação de jogos e “está identificada com os jogadores”.



Desafio especial e interessante

 

O universo de opções para dar corpo à selecção sénior está focado nos futebolistas sub-22, o que para Luís Firmino representa “um motivo especial e muito interessante, que vai permitir potenciar, ainda mais, aquilo que os clubes fazem e que está a ser excelente”.


Reiterando os elogios para o grupo que trabalhou no primeiro treino, o seleccionador não hesitou em assumir ser “um orgulho podermos estar envolvidos nesta dinâmica em contexto de selecção”, relevando a oportunidade que este desafio encerra para cada um dos intervenientes, salientando, nomeadamente, “a muita qualidade dos jovens futebolistas que atuam na nossa região, e que a qualquer momento podem projectar-se para as provas nacionais, cujos clubes, estou certo, terão bons motivos para verem os nossos jogos”.  



Sobre o que vem aí de compromissos competitivos, Luís Firmino não duvida que a selecção da AF Setúbal, alicerçada nos jogadores sub-22, vai chegar ao torneio preparada para evidenciar a qualidade do grupo e das suas individualidades, visando cada jogo com a ambição conseguir o melhor resultado possível.


“Estamos num grupo com a sempre difícil e experiente selecção de Lisboa, a par das congéneres da Madeira e da Horta que serão, igualmente, adversários complicados. Mas, como já disse, vai ser jogo a jogo… Até lá, vamos continuar a fazer o nosso trabalho de preparação e potenciar a competitividade da nossa selecção”, garantiu o seleccionador, confiante na realização de um bom torneio, que orgulhe e honre a AF Setúbal e o seu universo associativo.


Num remate final, Luís Firmino realçou “o trabalho excelente que a AF Setúbal está a fazer, no sentido de proporcionar uma destacada visibilidade aos atletas e por consequência aos clubes que os formam”.


“A presença dos jogadores na selecção é, desde logo, sinal de que o trabalho formativo dos clubes de origem é reconhecido, e isso terá o reflexo na qualidade e valor do conjunto distrital. É bom para todos, para os atletas, para os clubes e para a AF Setúbal. Quer dizer que estão todos a trabalhar bem e em conjunto”.

 


Director homenageou historial do nosso futebol


 

Amândio de Jesus, director da AF Setúbal, que vai acompanhar de perto as selecções de futebol distritais, representou a instituição no dia de arranque dos trabalhos da selecção sénior, saudando jogadores e equipa técnica, num momento de boas-vindas em que não hesitou recordar a importância daquilo que é representar a selecção distrital e elogiar o trabalho dos clubes filiados.


 


“Acima de tudo, que este seja o primeiro dia de mais uma etapa que fique na memória de todos como de particular orgulho”, assinalou o dirigente, no relvado do UFC Moitense, na presença do grupo de jogadores, equipa técnica e do vice-presidente Desportivo da AF Setúbal, João Aires.


A importância de representar a selecção da AF Setúbal é sinónimo do respeito pelo trabalho e dedicação dos clubes e da instituição que os representa no plano do futebol regional. “Emblemas que têm construído um historial de referência e promovido talentosos futebolistas que inspiram gerações”, homenageou o director associativo, lembrando que a selecção de futebol sénior, assente nos jogadores sub-22, pretende realçar o talento dos jogadores que competem no âmbito de uma prova, que vai no seu segundo ano e que se deseja continuar a ver justificada a aposta dos clubes na sua participação.


Recorde-se que a AF Setúbal, por delegação da Federação Portuguesa de Futebol, vai organizar, entre 28 e 30 de Janeiro de 2022, uma das fases zonais interassociações da edição 2022 da Taça das Regiões da UEFA.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here