2.ª DIVISÃO DISTRITAL»» MELIDENSE 3 DESP. PORTUGAL 0

Relvado sintético é já uma realidade em Melides…

JUVENTUDE MELIDENSE CONSEGUIU FINALMENTE JOGAR EM CASA

O dia era de festa em Melides e por essa razão foram cerca de 500 as pessoas que se deslocaram ao Campo do Castelo para assistirem à inauguração do piso sintético e presenciarem o jogo entre a Juventude Melidense e o Desportivo Portugal a contar para a 18.ª jornada do Campeonato Distrital da 2.ª Divisão.

Depois de andarem com a casa às costas durante todo o campeonato, facto que dificultou bastante a prestação da equipa na competição, a Juventude Melidense teve finalmente a oportunidade de jogar em casa, perante o seu público, e o resultado não podia ter sido melhor porque derrotou o seu adversário por 3-0.  


A vitória da equipa de Melides começou a ser construída ainda na primeira parte com um golo marcado por Francisco Andrade quando estavam decorridos apenas 12 minutos, um golo que vai ficar marcado para sempre na história do clube por ter sido o primeiro marcado no relvado.

Na segunda parte a Juventude Melidense, embalada pelo seu público, dilatou o marcador com a obtenção de mais dois golos por Mauro Luz (70’) e David Matias (82’), que fixaram o resultado final.

A equipa de Melides que começou por jogar todos os jogos no campo do adversário, a partir de determinada altura passou a utilizar como visitado o Estádio Municipal de Grândola e por uma vez até teve que jogar, também nessa condição, em Santo André. Por isso não admira que tenha ficado na posição em que ficou, o 9.º lugar com 12 pontos.

O Desportivo Portugal não passou por este problema mas sentiu também outro tipo de dificuldades que impediram a equipa de alinhar sempre com o seu melhor onze. Mesmo assim, o grupo comandado por Augusto Manhita, conseguiu cinco vitórias [duas das quais fora de casa] e dois empates que proporcionaram a conquista 17 pontos e o sexto lugar na tabela classificativa.

Em relação ao futuro das duas equipas é uma certeza que o Desportivo Portugal vai participar no torneio complementar mas já o mesmo não se poderá dizer da Juventude Melidense que tudo aponta para que não venha a participar. 



Share on Google Plus