II LIGA»» C. PIEDADE 0 V. GUIMARÃES B 1 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

27 de agosto de 2017

II LIGA»» C. PIEDADE 0 V. GUIMARÃES B 1

Golo dos vimaranenses foi marcado de penalti, aos 87 minutos…

DERROTA FOI UM CASTIGO DEMASIADO PESADO PARA O COVA DA PIEDADE QUE FOI QUEM MAIS PROCUROU A VITÓRIA


Uma grande penalidade, cobrada por Dénis Duarte, aos 87 minutos, permitiu hoje ao Vitória de Guimarães vencer na Cova da Piedade por 1-0, em partida da 5.ª jornada da II Liga de futebol.

O conjunto minhoto alcançou assim o seu primeiro triunfo na competição, apesar de praticamente não ter rematado à baliza adversária. 

Foi um resultado ingrato para o Cova da Piedade, a formação que mais atacou e que criou várias ocasiões de golo, entretando desperdiçadas. 

Apesar do Cova da Piedade ter beneficiado logo de uma oportunidade de golo aos dois minutos, por Onyilo que recuperou uma bola a meio-campo, isolando-se para rematar contra o guarda-redes Miguel Oliveira,  a primeira parte foi bastante enfadonha e previsível, com a equipa anfitriã muito lenta na abordagem ao jogo. 

A jovem turma minhota optou sempre por um estilo de contenção, na tentativa de adormecer o rival almadense e acabou por conseguir os seus intentos. 

Aos 41 minutos, na sequência de um ressalto de bola, Onyilo voltou a estar em boa posição para inaugurar a contagem, mas o potente remate do avançado nigeriano voltou a ser detido pelo guarda-redes vimaranense Miguel Oliveira. 

A melhor oportunidade do Cova da Piedade ocorreu aos 60 minutos, num contra-ataque clássico construído por Ballack na direita, o extremo serviu o ponta de lança Onyilo e este cruzou de primeira para o centro da área, onde apareceu Dieguinho a rematar fortíssimo contra a barra da baliza vimaranense. 

Pouco depois, foi o lateral-esquerdo Evaldo a surgir isolado e a 'disparar' contra o corpo de Miguel Oliveira. 

Os minutos foram passando, o empate ia perdurando e os jogadores do Cova da Piedade aparentemente ficavam cada vez mais ansiosos e nervosos. O técnico João Barbosa reforçou o ataque com as entradas de Hugo Firmino e Cléo, mas sem efeitos práticos. 

Até que, aos 87 minutos, o defesa central Daniel Almeida cometeu uma falta desnecessária sobre Haman dentro da grande área e o árbitro apontou a marca de grande penalidade. 

Na conversão do castigo máximo, Dénis Duarte não perdoou e os minhotos regressaram a Guimarães com os três pontos da vitória.


FICHA DO JOGO

Estádio Municipal José Martins Vieira, na Cova da Piedade.
ÁRBITRO: Fábio Veríssimo (Leiria), auxiliado por Paulo Soares e Pero Felisberto; 4.º árbitro: Tiago Pinto (Leiria)

C. PIEDADE: Pedro Alves; Michael, Daniel Almeida, Willyan Rocha, Evaldo; Soares, Paulo Tavares (Hugo Firmino, 69’), Robson; Ballack (Cleo, 76’), Dieguinho e Onyilo.
Suplentes não utilizados; João Paulo, Sori Mané, Adilson, Lima Pereira e Liu.
Treinador: João Barbosa

V. GUIMARÃES B: Miguel Oliveira; Miguel Magalhães, Marco Valente, Dénis Duarte, David Luís; Joseph, Mimito, Rui Gomes (Justino, 85’), Medarious; Tiago Castro (Reisinho, 71’) e Bence Biró (Haman, 65’).
Suplentes não utilizados; Dani, R. Carvalho, João Bruno e Jorginho.
Treinador: Vítor Campelos.

Ao intervalo: 0-0

Marcadores: 0-1, Dénis Duarte (87’), de grande penalidade.  

Acção disciplinar: Medarious (80’), Michael (89’)

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here