ARBITRAGEM»» AF Setúbal promove iniciativa inédita - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

31 de agosto de 2017

ARBITRAGEM»» AF Setúbal promove iniciativa inédita

Decorre no próximo fim-de-semana…

COM O OBJECTIVO DE REFORÇAR A VERTENTE FORMATIVA DO LEQUE DE ÁRBITROS MAIS CATEGORIZADOS DO QUADRO DISTRITAL


A Direcção da AF Setúbal e o Conselho de Arbitragem promovem no próximo fim-de-semana, sábado e domingo, as primeiras acções de formação e avaliação da época para os árbitros de futebol das categorias C3, C4, CF e AA’s.

Um conjunto de acções que este ano, por iniciativa da estrutura associativa, ganham um renovado molde de abordagem no sentido de reforçar a vertente formativa do leque de árbitros mais categorizados do quadro distrital.

Dois dias de trabalho para 26 árbitros

O Conselho de Arbitragem da AF Setúbal concentra este fim-de-semana, numa unidade hoteleira em Lisboa, 26 árbitros de futebol das categorias C3 Grupo A, jovens do Grupo C3 Grupo B e juízes C4A – Feminino para uma jornada de acção e formação, com vasto programa nas vertentes teórica e prática, inédita no seio da instituição.

De acordo com José Manuel Esteves, presidente do Conselho de Arbitragem da AF Setúbal, esta concentração visa contribuir para “mais e melhor formação”, cuja finalidade aponta para estruturar o quadro distrital com “melhores árbitros”.

O dirigente, confiante no sucesso desta iniciativa que deseja ver repetida nos próximos anos, não hesitou em vincar “o relevante esforço da Direcção da AF Setúbal em levar por diante esta acção”.

Refira-se, que no âmbito das primeiras acções de formação e avaliação para árbitros de futebol 2017/18, o Conselho de Arbitragem reserva para Setúbal, a concentração de 29 árbitros das categorias C3 Grupo B, C4 Grupo A, CF e AA’s, que vão efectuar as provas físicas (Complexo Municipal de Atletismo de Setúbal) e testes escritos (ES Sebastião da Gama).


Líder da Direcção quer mais árbitros de topo

O presidente da Direcção da AF Setúbal, Francisco Cardoso, realça que esta nova abordagem formativa para os árbitros da nossa região “deve ser entendida como fundamental”.

“Este é um investimento consciente e sobre o qual, estamos convictos, que revelará resultados a curto/médio prazo. Estamos a semear para que a nossa arbitragem, mas sobretudo, os nossos árbitros, reforcem a sua qualidade e a perspectiva de evoluírem na carreira”, defende Francisco Cardoso.

O líder associativo assume que “este é mais um passo para que a arbitragem da AF Setúbal reconquiste patamares de eleição, quer no plano nacional, quer no plano internacional”.

AFS

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here