BARREIRENSE»» Pedro Amora analisa jogo com Grandolense

Treinador junta vídeo às suas declarações para emitir uma opinião mais rigorosa…

“RESULTADO NÃO ESPELHA A SUPERIORIDADE QUE TIVEMOS SEMPRE, MESMO COM 10 JOGADORES”


“Começo por dizer que quando faço o comentário aos jogos, já os vi. Logo, estou à vontade para poder emitir uma opinião muito mais rigorosa, sustentado no vídeo do jogo. Deixo em vídeo apenas três lances (os penaltis e o golo do Cajó) para cada um poder avaliar.

Na primeira parte entrámos bem, tomámos conta do jogo, jogámos bom futebol, fizemos 2 golos, não permitimos que o Grandolense  chegasse perto da nossa área e fomos para o intervalo com um resultado confortável e com uma boa exibição.


No primeiro lance da segunda parte, num atraso para o guarda-redes o árbitro viu falta e expulsa o Mota, na minha opinião sem justificação nenhuma. Ainda que possa achar que há falta nunca pode ser vermelho directo uma vez que o jogador não tem bola controlada,  o guarda-redes chegava sempre primeiro ao lance e não é uma falta grosseira  (vídeo em anexo).

O Grandolense faz o 2-1 no primeiro minuto da segunda parte e ficamos a jogar com 10. Fomos obrigados a mexer na equipa para a equilibrar e nunca baixámos o ritmo acabando por fazer mais dois golos a jogar com 10, contra uma equipa com muita qualidade.



Nos últimos minutos cometemos um erro defensivo e acabámos por sofrer um golo algo inesperado, já muito perto dos 90, num lance que quanto a mim há falta sobre o meu central, seguindo o mesmo critério do penalti, sofremos o 4-3 final, num resultado que quanto a mim acaba por não espelhar a superioridade que tivemos sempre, mesmo com 10 jogadores.

Mais uma vitória importante contra uma boa equipa, com a certeza que só iremos deixar de trabalhar quando acabar o campeonato”. 

Share on Google Plus