Selecção Sub-19»» Portugal é Campeão da Europa


João Filipe e Trincão foram os melhores marcadores…

VITÓRIA SOBRE A ITÁLIA (4-3) NO PROLONGAMENTO EM JOGO ESPECTACULAR 

Portugal sagrou-se, este domingo, pela primeira vez, Campeão da Europa sub-19, ao derrubar a Itália no prolongamento, por 4-3, na grande final disputada em Seinajoki, na Finlândia.
O conjunto liderado por Hélio Sousa foi a melhor equipa ao longo de 120 desgastantes minutos, vencendo com toda a justiça a competição.
Empate no tempo regulamentar 

Os instantes iniciais do jogo foram disputados num ritmo ‘morno’, com as selecções de Portugal e Itália a revelarem total consciência da importância de uma final que lhes daria a oportunidade de dominarem o futebol sub-19 do Velho Continente. 
A partir dos dez minutos, a equipa das quinas aproximou-se mais vezes e com mais intensidade dos domínios transalpinos, obrigando o guarda-redes Plizzari a defender para canto, num remate de José Gomes.

Portugal criou sempre mais perigo do que os italianos, chegando à vantagem com naturalidade em cima do intervalo. Após um atraso de Trincão, João Filipe ‘matou’ a bola no ar e, sem a deixar cair, rematou para o fundo da baliza de Plizzari, que não ficou  bem na fotografia. Um golo oportuno e importantíssimo para Portugal.
Os italianos cresceram com as substituições operadas no segundo tempo. Subiram mais as suas linhas e procuraram explorar melhor a velocidade dos seus jogadores.
Ainda assim, a formação portuguesa manteve-se por cima vários minutos, tendo dilatado a vantagem que trazia do intervalo. Trincão fez o 2-0 na recarga a um remate de João Filipe, que o guarda-redes transalpino sacudiu para a frente. 
Ninguém esperava que os comandados de Hélio Sousa sucumbissem à tenacidade de Moise Kean, um dos talentos que saltou do banco de suplentes dos italianos. Em dois minutos, Kean fez dois remates à baliza lusa e acertou duas vezes, garantindo o empate.
Prolongamento testou fibra lusa

Os italianos começaram melhor o prolongamento, mas a entrada de Pedro Correia melhorou o rendimento da equipa portuguesa, que voltou a colocar-se na frente aos 104 minutos, num golo de belo efeito de João Filipe, assistido pelo colega que havia entrado na partida.

Três minutos depois, a Itália repôs a igualdade com um cabeceamento certeiro e voltou a sonhar até ao momento em que Pedro Correia colocou a bola outra vez no fundo da baliza transalpina, aos 109 minutos, que garantiu o título.
Os internacionais portugueses Trincão e João Filipe foram distinguidos pela UEFA como máximos goleadores do Campeonato da Europa. Ambos apontaram cinco golos.
FICHA DE JOGO

Final do Campeonato da Europa Finlândia 2018
Seinajoki Stadium, (Finlândia)

ÁRBITROJuan Martinez Munuera (Espanha)
ÁRBITROS ASSISTENTESJoakim Nilsson (Suécia) e Bryngeir Valdimarsson (Islândia)
QUARTO ÁRBITRO: Bartoz Frankowski

ITÁLIA: Alessandro Plizzari; Raoul Bellanova, Gianmaria Zanandrea, Davide Bettella,  Alessandro Tripaldelli (Candela, 65'); Filippo Melegoni (Christian Capone, 59'), Sandro Tonali (Andrea Marcucci, 92'), Davide Frattesi; Nicolo Zaniolo, Andrea Pinamonti (Moise Kean, 46') e Gianluca Scamacca.
Suplentes não utilizados:  Michele Cerofolini, Antonio Candela, Matteo Gabbia, Enrico Del Prato, Alessandro Mallamo, Enrico Brignola.
Treinador: Paolo Nicolato

PORTUGAL: João Virgínia; Thierry Correia, Romain Correia, David Carmo, Rúben Vinagre; Florentino, Nuno Henrique, Domingos Quina (Nuno Santos, 91'); Jota, Trincão (Pedro Correia, 86’) e José Gomes (Mesaque Dju, 83').
Suplentes: Ricardo Benjamim, Francisco Moura, Diogo Queirós, Diogo Teixeira, Elves Baldé
Treinador: Hélio Sousa

Ao intervalo: 0-1
No final do tempo regulamentar: 2-2
Golos: 0-1 João Filipe (45'+ 1'); 0-2 Trincão (72'); 1-2 Moise Kean (75'); 2-2 Moise Kean (76'); 2-3 João Filipe (104'); 3-3, Gianluca Scamacca (107’); 3-4, Pedro Correia (109’)

Disciplina: Amarelos para Nicolo Zaniolo (67'); José Gomes (72'); Moise Kean (76'); Zanandrea (79'); Sandro Tonali (90'+2'); João Filipe (105').


Share on Google Plus