FUTSAL»» Mundial das Casas do Benfica - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

7 de julho de 2015

FUTSAL»» Mundial das Casas do Benfica

Neste tipo de eventos os resultados é o que menos importa... 

BENFIQUISTAS DO SEIXAL TERMINAM TORNEIO SEM VITÓRIAS

A Casa do Benfica Seixal participou no passado domingo na segunda edição do Mundial das Casas do Benfica que se realizou no Pavilhão N.º 2 do Sport Lisboa e Benfica, naquele que foi um saudável convívio entre benfiquistas.

Os resultados desportivos obtidos não foram famosos para os benfiquistas do Seixal porque perderam os três jogos mas valeu por toda a envolvência que a presença no torneio gerou e pelo facto de poderem actuar num palco deveras interessante.  

Os adversários foram a Casa do Benfica em Viseu, o Sport Vila Real e Benfica e a Casa do Benfica nas Caldas da Rainha.

No primeiro jogo os encarnados do Seixal perderam com os benfiquistas de Viseu por 3-1, depois da primeira parte ter terminado com uma igualdade a uma bola. Nesta partida a equipa seixalense alinhou de início com Ivo Paiva; Ricardo Brasil, Bruno Soares, João Mendes e Hugo Faria jogaram também: João Marcelino, Gonçalo Rodrigues, Tiago Andrade, Fábio Fernandes e Alexandre Sousa. O golo foi marcado por João Marcelino e Ricardo Brasil viu o cartão amarelo.

No segundo jogo a Casa do Benfica no Seixal defrontou a equipa transmontana do Sport Vila Real e Benfica e sofreu nova derrota, desta vez por 3-0. A primeira parte terminou com o marcador em branco mas na segunda parte os seixalenses cederam e acabaram por sofrer três golos sem resposta. Inicialmente a equipa alinhou da seguinte forma: André Afonso; Ricardo Brasil, Bruno Soares, Hugo Faria e João Marcelino. Jogaram também: Tiago Andrade, João Mendes, Alexandre Sousa e Bruno Amaro. Em matéria disciplinar não houve nada a registar.

E, por fim, no jogo que assinalou despedida surgiu a derrota mais pesada sofrida com a Casa do Benfica nas Caldas da Rainha por 4-1, com 2-1 ao intervalo. Inicialmente os benfiquistas do Seixal jogaram com Ivo Paiva, Bruno Amaro, Ricardo Brasil, Hugo Faria e João Marcelino. No decorrer do jogo alinharam também Fábio Fernandes, André Afonso, João Mendes, Tiago Andrade, Alexandre Sousa. O golo foi marcado Fábio Fernandes e Tiago Andrade viu o cartão amarelo.

“O facto de termos participado já foi muito bom em termos de imagem”

No final do torneio, o nosso jornal pediu ao vice-presidente Paulo Lopes que fizesse um balanço sobre aquilo que foi a participação da equipa encarnada no Mundial das Casas do Benfica:

“A análise que faço do Mundial em relação a participação da equipa de futsal desta Casa foi bastante importante, pois foi adquirida mais experiência em termos de união de grupo e sentiu-se o que é estar perto da família Benfiquista. Foi um dia à Benfica. Neste tipo de eventos os resultados é o que menos importa. Sabíamos que iríamos ter dificuldades porque defrontávamos equipas mais rotinadas e que jogam juntas há bastante tempo. Não ficámos desiludidos porque só o facto de termos participado já foi muito bom em termos de imagem para a nossa Casa e para o Concelho do Seixal foi uma visibilidade ainda maior em termos de futsal porque estivemos também presentes como representantes da Liga Eclerc Futsal Seixal. Uma nota final para agradecer aos nossos patrocinadores neste Mundial, Bisturi Editores e FGS Contabilidade. Agradecer igualmente ao Sr. José Pina pelo trabalho que tem realizado com esta Casa do Benfica e ao nosso fotógrafo oficial Luís Pontes pela sua grande entrega para connosco. E, claro está, nunca será de mais salientar a Junta de Freguesia do Seixal, Arrentela e Paio Pires e a Câmara Municipal do Seixal pela colaboração prestada”.





Post Bottom Ad

Responsive Ads Here