CHARNECA DE CAPARICA»» Em causa a arbitragem do jogo com o Amora


José Manuel Santos, presidente do clube:

“CHARNECA PROIBIDO DE PONTUAR NA MEDIDEIRA”

“O CCFC desde que está na 1ª Divisão foi sempre impedido pelas de pontuar na Medideira, umas vezes por mérito do adversário outras por mérito das arbitragens e ontem não foi exceção.

Sabemos o potencial do Amora e quais as suas pretensões, são sem dúvida melhores, mas ontem não foram, o CCFC provou ser uma das melhores equipas deste campeonato, parabéns aos meus jogadores pela forma que se bateram perante um adversário poderoso que ontem foi reduzido á vulgaridade.

Parabéns ao Amora, clube com quem o CCFC mantém excelente relação desejando desde já felicidades para o resto do campeonato.


Em relação ao jogo para ser rápido e conciso, o 1º golo nasce de um controlo de bola com a mão de Maside, o qual faz assistência para o golo, mesmo nas barbas do assistente; um golo limpo anulado ao CCFC num pontapé de canto onde o miúdo assistente assinala fora de jogo ??; um penálti contra o CCFC num lance fora da área e mesmo assim muito duvidoso na carga de ombro e um penalti não assinalado com uma mão nítida do jogador do Amora num remate á baliza, transformado em pontapé de canto, onde o arbitro diz “ deu-me a sensação de mão mas como não tinha a certeza não assinalei” ?? Pois ao contrário não hesita.

Acredito que foi um dia mau para esta equipa de arbitragem, deveriam ter mais cuidado na análise aos lances e na dualidade de critérios e assim evitarem comentários menos próprios”.


Share on Google Plus