ALMADA»» Nicolau Tavares no rescaldo da época



Decisão de secretaria teve influência directa na descida…

“FICÁMOS COM UM SABOR DE INJUSTIÇA PORQUE FIZEMOS MAIS PONTOS NO CAMPO DO QUE O NOSSO ADVERSÁRIO DIRECTO E ACABÁMOS POR DESCER”

Nicolau Tavares, que substituiu Nuno Cirilo no comando técnico do Almada no decorrer desta época desportiva, aceitou o convite para falar da sua experiência como treinador e daquilo que foi a prestação da equipa almadense no campeonato que, para si, terminou da pior maneira; ou seja, com a descida à segunda divisão Mas, antes disso, começou por abordar o “caso” do jogo com o Charneca de Caparica, a agressão de Lino a Ivo. 

A agressão de Lino a Ivo   
  
“Queria, em meu nome, da minha equipa técnica e da direcção do Almada Atlético Clube, desejar as rápidas melhoras ao jogador do Charneca de Caparica Ivo que foi vítima de um acto irreflectido e de um descontrole emocional por parte do meu jogador. O Lino sabe que o futebol é das coisas menos importantes da nossa vida, não é um desporto de vida ou morte, é apenas desporto, é um jogo e não passa disso mesmo, de um jogo. É um jovem que veio estudar para Portugal e que recentemente se licenciou, é inteligente, trabalhador e com os seus objectivos de vida bem delineados, é dos melhores homens que eu tive o prazer de conhecer, dono e senhor de um carácter sem igual. Está arrependido, pediu perdão e esteve no hospital a acompanhar a situação clínica do Ivo, que felizmente não passou de um susto”.


Jogadores foram sempre honestos

“Quanto à nossa época desportiva, infelizmente não conseguimos atingir o objectivo que era a manutenção. Apesar da descida, os meus jogadores honraram o nome do Almada Atlético Clube do início ao fim da época desportiva, foram verdadeiros homens, sempre honestos e com carácter. Fica um sabor amargo, um sabor de injustiça porque fizemos mais pontos no campo do que o nosso adversário directo e acabámos por descer, mas há normas e regulamentos e esses são para cumprir”.

“Seria bom que num futuro próximo, se uma situação destas [que é uma decisão de secretaria com influência directa numa descida, como poderia ter acontecido também na subida] se voltasse a repetir [desde que a diferença pontual fosse de um a três pontos], se realizasse um terceiro jogo em campo neutro para que houvesse assim verdade desportiva”.

“Parabéns ao Banheirense pela manutenção, parabéns ao Amora pela justíssima subida de divisão e parabéns aos meus fantásticos jogadores. Um agradecimento especial para a minha equipa técnica (Paulo Loureiro, Alexandre Conceição), para o nosso massagista Camisinhas e para os nossos directores (Fábio e Ricas) que tudo fizeram para que nada nos faltasse”.


Treinar ou jogar eis a questão

“Quanto ao futuro, existe a possibilidade de continuar a treinar, mas também existe a hipótese de abraçar um projecto ambicioso como jogador, visto estar totalmente recuperado da minha lesão”.

Desejo que o Almada Atlético Clube suba já na próxima época porque o Almada é o clube da cidade e merece estar em divisões que condizem com a sua verdadeira grandeza. Por fim, deixo também uma palavra de gratidão pela excelência do seu trabalho Sr. José Pina. Muita saúde e boas férias para todos”.



Share on Google Plus