PAIO PIRES»» Faleceu o treinador Francisco Troncão

O futebol distrital está de luto…

NÃO RESISTIU AOS GRAVES FERIMENTOS SOFRIDOS NO ACIDENTE


Esta é uma daquelas notícias que não gostamos de dar mas o nosso dever profissional a isso obriga.

Francisco Troncão, de 44 anos, vítima de um acidente grave sofrido ontem de manhã na A2, faleceu.

Quando recebemos a notícia ficámos sem palavras, a soluçar e com as lágrimas nos olhos porque era uma pessoa pela qual tínhamos um grande carinho, uma certa simpatia e até mesmo alguma amizade, pela postura amável e sempre cordial que mantinha connosco.

Todos os domingos, depois dos jogos falávamos e trocávamos algumas palavras sobre o que se havia passado durante os 90 minutos e o seu trato era sempre impecável, até mesmo quando os resultados eram adversos. Pessoa extremamente educada e respeitadora, deixa efectivamente muitas saudades.

A última vez que estivemos juntos foi no passado domingo no Campo Vale da Abelha, onde o Paio Pires recebeu o Seixal. No final fiz-lhe uma entrevista e despedimo-nos com o habitual aperto de mão, nunca pensei que fosse o último…

Pela pessoa que era não merecia ter partido desta maneira mas há momentos na vida que não conseguimos controlar. Paz à sua alma!


Francisco Troncão terminou o seu ciclo de vida e a sua carreira de treinador no clube onde começou na época de 2004/2005, depois passou pelo Almada, Arrentela, foi colaborador no SL Benfica [futebol SAD], voltou ao Arrentela, Paio Pires, passou novamente pelo Arrentela e posteriormente pelo Amora. Presentemente cumpria a sua segunda época no Paio Pires onde era treinador da equipa principal e coordenador de todo o futebol.

No momento em que escrevemos estas linhas não temos ainda pormenores sobre a forma como vai decorrer o seu funeral. 

Share on Google Plus