COSTA DE CAPARICA»» Mentalidade no balneário vai ter que mudar - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

12 de dezembro de 2019

COSTA DE CAPARICA»» Mentalidade no balneário vai ter que mudar

Nuno Ferreira considera que foi uma tarde infeliz da sua equipa…

“DESPERDIÇÁMOS UM PENALTI AOS 85 MINUTOS E NA RESPOSTA SOFREMOS O TERCEIRO GOLO”


“Entrámos no jogo um pouco apáticos, demorando a adaptar-nos a um piso onde temos menos rotinas e, acima de tudo, a um adversário que se apresentou com uma estratégia diferente do que havíamos estudado. Ao longo da primeira parte, fomos encontrando um maior ascendente por parte do Sesimbra. No entanto, sem conseguir materializar em golos, devido, essencialmente, a uma boa primeira parte do nosso guarda-redes.

À entrada para a segunda parte, procurámos adaptar-nos melhor ao que o jogo pedia e rapidamente se percebeu que os Pescadores iriam procurar equilibrar mais, ao invés do que aconteceu nos primeiros 45 minutos. Equipa mais ousada em termos ofensivos e mais bem organizada em termos defensivos, foi o que conseguimos ser no reatar do jogo.



O Sesimbra ia mantendo a sua (muita) qualidade em todos os momentos do jogo, nós íamos conseguindo proporcionar um bom jogo de futebol. No entanto, à passagem dos 73 minutos, na cobrança de um livre lateral e após um pequeno toque na barreira, o Sesimbra viria a desbloquear o resultado. Procurámos regressar ao jogo, mantivemos o nosso equilíbrio, mas num lance com alguma felicidade o nosso adversário chegou ao 2-0.

Continuámos a procurar inverter os acontecimentos e beneficiámos de um penálti perto dos 85 minutos que nos poderia ter feito ir em busca de um resultado positivo. No entanto, não tivemos a habilidade de convertê-lo e ainda sofremos o 3-0 na resposta.

A vitória do Sesimbra não merece contestação, mas considero que talvez tenha sido por números demasiado expressivos. Vimos de três resultados negativos e a mentalidade no balneário é de mudança para regressarmos rapidamente ao nosso rumo."

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here