COVA DA PIEDADE»» SAD está confiante sobre a sua continuidade na II Liga - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

quarta-feira, 16 de junho de 2021

COVA DA PIEDADE»» SAD está confiante sobre a sua continuidade na II Liga

 


Diz a administração em comunicado…


 

NÃO EXISTE QUALQUER DÍVIDA A JOGADORES NEM QUALQUER NOTIFICAÇÃO DA LIGA PORTUGAL

 

 


Em comunicado enviado à agência Lusa, a administração da SAD do Cova da Piedade nega uma “alegada existência de dívidas a jogadores por parte do clube como motivo para a sua não inscrição no campeonato” e diz não ter recebido qualquer notificação da Liga para correção do processo de inscrição.


"O Cova da Piedade - Futebol SAD vem pelo presente afirmar a inexistência de qualquer dívida para com jogadores, nem tão pouco da notificação da Liga Portugal para efeitos de cumprimento de qualquer critério a esse respeito", afirma o clube da margem sul do Tejo.



Além disso, o Cova da Piedade "esclarece que o processo de inscrição se encontra pendente de decisão por parte da Liga, após a exposição apresentada sobre o motivo da ausência da entrega em tempo de documentação" de inscrição na II Liga, "à semelhança de outros clubes".



A administração da SAD piedense frisa, ainda, não ter rececionado "qualquer ulterior notificação, por parte da Liga, para correção ou complemento do processo documental instrutório da inscrição".


O Cova da Piedade entregou a inscrição para participar na II Liga portuguesa de futebol, na época 2021/22, com "três dias de atraso", confirmou à Lusa uma fonte da SAD.


Esse será, no entender da administração, o único possível entrave no processo de inscrição do clube nos campeonatos profissionais, que foi devidamente justificado em "exposição apresentada pelo clube" à Liga.


Nesse sentido, a SAD piedense mantém a confiança de que haverá lugar ao pagamento de uma multa, mas que a Liga de clubes confirmará a inscrição do clube no campeonato.



Fontes do plantel piedense reiteraram à agência Lusa, entretanto, atrasos no pagamento dos salários de maio, além de verbas relativas ao 'lay-off' acordado com a administração em 2020 e também prémios de jogo.


Confrontada com as acusações dos jogadores, que se queixam também de não conseguir contactar a administração, a mesma fonte da SAD frisou, sem confirmar as dívidas, que as mesmas não seriam, ainda assim, impeditivas da inscrição, por não se enquadrarem nos critérios de cumprimento salarial exigidos pela Liga de clubes.


A Liga de clubes irá anunciar, brevemente, quais os clubes que cumpriram, ou não, os requisitos de inscrição nos campeonatos profissionais da I e II Liga de futebol, para a próxima época.

loading...

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here