FORNINHO»» Direcção é formada apenas por jogadores

Futebol e BMX são as suas principais actividades

Está em funções há 12 anos
sempre com o mesmo treinador

O Forninho Futebol Clube, fundado a 16 de Maio de 1980, é uma colectividade sedeada na Freguesia do Poceirão [agora designada União das Freguesias do Poceirão e Marateca], concelho de Palmela.

Ao longo dos tempos tem-se dedicado à prática desportiva nomeadamente ao futebol e ao BMX mas também não se tem esquecido da vertente cultural sendo exemplo disso o rancho folclórico que é o garante da tradição popular e das raízes das suas gentes.

Praticamente sem apoios, o clube tem sobrevivido ao longo dos tempos graças à carolice de algumas pessoas que vão dando o seu melhor no sentido de manterem todas as suas actividades. E, de algum tempo a esta parte, acontece uma coisa deveras notável. A direcção, que é formada toda ela por atletas do clube, mantém-se em funções há precisamente 12 anos e é exactamente também há esse tempo que o treinador da sua equipa de futebol, que participa no Campeonato do Inatel, exerce o cargo.

Hugo Santos, o presidente da direcção, convidado por nós, conta então para os nossos leitores mais alguns pormenores sobre o clube.

“Façam como nós, acreditem sempre no projecto que têm”

Chegou ao nosso conhecimento que o Forninho é um clube "sui generis" porque a sua direcção é formada apenas por jogadores. Porque é que isto acontece?
Já acontece há vários anos. Como não havia nessa altura nenhuma lista para assumir os destinos do clube e porque havia o risco de ele poder fechar, nós, os jogadores, juntámo-nos todos e formámos a actual direcção.

Como é que tem decorrido o trabalho nas duas vertentes: isto é, a nível directivo e a nível desportivo?
A nível directivo, está a correr de forma positiva embora os apoios sejam muito escassos. A nível desportivo estamos a tentar levar o Forninho Futebol Clube para outros patamares e ao mesmo tempo a procurar trazer mais qualidade para o clube.

O clube dedica-se apenas à prática do futebol ou dispõe também de outras modalidades?
Sim, tem outras modalidades. A nível desportivo, para além do futebol, temos também uma pista de BMX e uma equipa que participa no campeonato nacional. E, a nível cultural, temos o Rancho Folclórico do Forninho que é também uma peça fundamental da sua estrutura.

No campeonato do INATEL a equipa encontra-se a disputar a segunda fase e está em 3.º lugar no Grupo B. O campeonato está decorrer da forma desejada ou ambicionavam mais?
Apesar de termos tido algumas baixas por lesão podemos dizer que a equipa está a realizar uma boa temporada. É claro que ambicionávamos e desejávamos mais e melhor mas não tem sido possível. No entanto, continuamos a acreditar que no futuro poderemos melhorar substancialmente o nosso desempenho.

Como é que perspectiva então o futuro do clube?
Queremos que o clube cresça e que seja aquilo que tem sido até hoje; ou seja, um clube com sede de vitórias e com uma equipa aguerrida que não vira a cara à luta. Só assim é que o Forninho Futebol Clube poderá ser mais forte no futuro. A nível directivo estaremos sempre cá dispostos sempre a dar o nosso melhor.

Nesta nossa conversa ficou ainda alguma coisa importante por dizer?
Gostaria apenas de deixar um conselho aos outros clubes para fazerem como nós no sentido de acreditarem sempre no projecto que têm, que nunca desistam, que tentem sempre dar melhores condições aos atletas e que apostem nos jovens. Nós somos uma direcção com 12 anos e nesse espaço de tempo sempre tivemos o mesmo treinador [Fernando Jones] porque acreditamos em quem quer fazer a diferença, ajudando. Os resultados virão depois.
Share on Google Plus