PALMELENSE»» Bruno Pombo e a paragem dos campeonatos - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

24 de março de 2020

PALMELENSE»» Bruno Pombo e a paragem dos campeonatos

Situação está a causar alguma apreensão…

“OS CLUBES NÃO TÊM RECEITAS MAS AS CONTAS PARA PAGAR CONTINUAM A APARECER”

A questão dos campeonatos é muito delicada, qualquer decisão deve ser falada e discutida com os clubes…


Foto: JPN
Que a pandemia causada pelo Coronavírus está a afectar toda a gente ninguém tem dúvidas, seja a que nível for. No futebol obrigou à paragem dos campeonatos e à inactividade dos clubes que mostram alguma apreensão porque não há receitas e as facturas para pagar continuam a aparecer. É o que acontece por exemplo no Palmelense Futebol Clube, conforme adiantou ao nosso jornal o vice-presidente desportivo Bruno Pombo, que falou também dos bons resultados obtidos ultimamente pela equipa de futebol sénior. 
 
Como está o Palmelense a viver esta situação causada pelo Covid-19?
Como todo o País, com alguma apreensão e a ver o que isto vai dar. É de facto uma situação chata e inesperada, mas o que importa agora é que todos cumpramos com todas as medidas de prevenção para que isto passe o mais rapidamente possível e possamos todos voltar à nossa vida normal.

O clube tem implementado algumas medidas no sentido de manter os seus jogadores mais ou menos em boa forma física?
Sim, todos os escalões da formação, bem como os nossos seniores masculinos e femininos têm de alguma forma mantido a forma física. Foi pedido a todos os treinadores que fizessem um plano de treino para as suas equipas e que o ajustassem a esta situação, para que os atletas pudessem fazer algum exercício em casa, e quem tivesse hipótese, ao ar livre. Tenho visto alguns vídeos de atletas nos seus jardins ou mesmo nos quartos a fazer algum tipo de trabalho que os ajuda a passar o tempo nesta fase de quarentena.


Se os campeonatos não recomeçarem por falta de tempo, qual será a melhor solução para determinar o escalonamento final das equipas?
Foto:JPN
Sinceramente não sei qual será a melhor solução, nem o que dizem os regulamentos, numa situação destas. Ouve-se falar em muita coisa, entre elas que a classificação pode terminar da forma como está. No que diz respeito ao campeão e consequente subida de divisão a vantagem é larga. No que diz respeito aos últimos lugares poderá haver alguma confusão e discórdia, no que respeita às descidas de divisão porque haverá também a questão dos clubes que descem do Campeonato de Portugal. É realmente uma situação delicada que deve ser falada e discutida com os clubes, antes de se tomar qualquer decisão.

Esta paragem é negativa para o Palmelense?
Esta paragem é negativa para todos os clubes, porque não há competição, os clubes não têm receitas e as contas continuam a aparecer para pagar. Porque estávamos a meio de um campeonato que estava a ser bem disputado e que iria entrar agora no último terço e que estava tudo por decidir. Estávamos num bom momento, a equipa estava bem, confiante e as vitórias a aparecer. E acima de tudo, pela situação que é.

O bom momento da equipa sénior

A equipa sénior tem vindo a subir na tabela classificativa mas fica a ideia que demorou um pouco a encontrar-se?

Foto: JPN
Como disse anteriormente a equipa estava num bom momento, muito mais confiante e com um espírito fantástico entre todos, fruto das últimas vitórias. As vitórias trazem isso mesmo. É verdade que a equipa passou por um momento menos bom, que coincidiu com a saída inesperada do mister Flávio (até aí tínhamos feito um grande arranque, tanto na taça como no campeonato). A juntar a isso, algumas lesões e a inexperiência do nosso plantel, porque tem uma grande quantidade de jogadores abaixo dos 23 anos e outros provenientes da 2.ª Divisão. Quem os vê treinar diariamente, com a entrega e alegria, bem como com o compromisso que eles têm, sabíamos que os resultados mais tarde ou mais cedo iriam aparecer, porque esta equipa tem de facto muita qualidade. Da forma como trabalham e com a exigência que o mister Duarte lhes pede em cada treino, sabíamos que os resultados iriam aparecer.


Na última jornada causou sensação com a vitória alcançada em Alcochete. Quando o campeonato regressar, o objectivo passa por continuar a surpreender?
O objectivo passa por trabalhar bem todos os dias para que ao domingo, estejamos bem preparados para poder lutar e discutir a vitória até ao último segundo de jogo, como temos feito até aqui.
 
A época está a corresponder às expectativas?
Sim, tirando um ou outro jogo menos conseguido da nossa parte. Penso que os sócios, adeptos e simpatizantes do Palmelense devem estar orgulhosos daquilo que estes jogadores têm vindo a fazer porque a evolução dos miúdos tem sido notória. 

Há algo mais que queira acrescentar?
Gostava de deixar um abraço a todo o mundo do futebol, principalmente a este nosso mundinho distrital. Que cumpramos todos as medidas que estão a ser impostas para que possamos voltar o mais rapidamente possível ao quotidiano e a encontrarmo-nos por esses campos. Devemos cada vez mais estar todos juntos e unidos, neste momento cabe-nos proteger-nos a nós e aos nossos, só assim iremos conseguir vencer esta luta.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here