COSTA DE CAPARICA»» Nuno Ferreira e a derrota sofrida em Almada

Treinador considera justa a derrota, mas adianta…

“ESTAMOS NUM LUGAR ONDE OUTROS GOSTARIAM DE ESTAR”


Os Pescadores perderam em Almada na última jornada da primeira volta, sofrendo assim a segunda derrota da época. O treinador reconhece que a sua equipa não esteve bem mas adianta que a equipa está tão ou mais forte do que estava à entrada para esta jornada.

"A importância do jogo era inquestionável para ambas as equipas. Nós com a possibilidade de aumentarmos a vantagem para o terceiro classificado e o Almada com a possibilidade de se aproximar do desejado segundo lugar. 

Numa tarde de imenso calor, numa relva consideravelmente melhor do que já apanhámos este ano, fomos justos derrotados num jogo menos bom. Não houve uma supremacia grande por parte do Almada, mas houve uma passividade enorme da nossa equipa em todos os momentos do jogo. Nas transições fomos lentos, na organização fomos frágeis, no querer mais fomos débeis. E quando assim é, há que dar os parabéns ao adversário, por nós termos sido inferiores áquilo que somos e sabemos.


Na primeira parte tivemos um jogo equilibrado mas o Almada conseguiu fazer o 1-0 num canto pessimamente defendido por nós. Mesmo dentro do fraco jogo que fazíamos, fomos atrás do prejuízo e conseguimos chegar ao empate ainda antes do intervalo.

Procurámos alterar o que de mal havíamos feito, mas sem sucesso. Entrámos na segunda parte igualmente permeáveis e pouco crentes em inverter o que mal tínhamos feito. Num momento de desconcentração o Almada conseguiu o golo da vitória para lá do tempo regulamentar. Fomos justos derrotados e será a isso que nos vamos agarrar para inverter a segunda derrota da época.

Estamos onde os outros gostariam de estar e na próxima jornada (início da 2.ª volta) entramos com um ponto de vantagem em relação aos nossos adversários directos. Não é o que desejávamos, mas o campeonato tem-se mostrado extremamente competitivo e este ponto pode vir a ser importante. Continuamos tão ou mais fortes como estávamos à entrada desta jornada, estou convicto disso."

Share on Google Plus