COSTA DE CAPARICA»» Pescadores subiram ao primeiro lugar

Treinador Nuno Ferreira diz que a Costa voltou ao futebol…

“HÁ ANOS QUE NÃO VIA O NOSSO CAMPO COMO NO DOMINGO PASSADO”

"A grande competência e a boa organização da nossa equipa trouxe-nos esta saborosa vitória. Agora há que preparar já a próxima jornada contra o adversário mais difícil que tivemos este ano”, refere o técnico caparicano que deixou também uma palavra de apreço para o Tiago Machado que se lesionou, para a equipa de arbitragem que soube segurar o jogo e para os adeptos do clube que apareceram em grande número para apoiar a equipa.


“Um jogo tremendamente digno de uma disputa de primeiro lugar, foi aquilo que se viu no passado domingo na Costa da Caparica.

Duas equipas que jogaram em busca dos três pontos durante os 90 minutos, uma moldura humana que catapultou a nossa equipa para a vitória e um respeito enorme de parte a parte.

Sabíamos que o jogo era bastante importante, não pelo alcançar do 1.º lugar, mas sim pela consciência de que poderíamos terminar a jornada em 4.º lugar, distantes dos dois primeiros da tabela, uma vez que entrávamos em campo sabendo das vitórias do Almada e do Alcacerense.

Entrámos muito bem, cientes das dificuldades que iriam ser impostas por um dos adversários mais imponentes que apanhámos esta época, criámos uma ou duas oportunidades de golo, assim como o Comércio o havia feito.


Numa falta a meio campo, rapidamente executada, o Comércio viria a chegar ao golo inaugural. Um golo justo, fosse para que lado fosse, tal era a competência apresentada por ambas as equipas. Não baixámos a nossa ambição e fomos à procura da igualdade que chegaria apenas 22’ depois. Num livre frontal, brilhantemente executado, igualámos o marcador, mas como queríamos mais, passados dois minutos virámos o resultado e fomos para o intervalo em vantagem.

À entrada da segunda parte, o Comércio apresentou uma alteração e nós mantivemos os guerreiros que haviam iniciado o jogo. A crença e a vontade dos nossos jogadores era tremenda e, aos seis minutos, conseguimos chegar ao 3-1.

Naturalmente, o adversário veio à procura do prejuízo e nós continuámos a respeitá-los mas sempre a querer mais, daí eu referir que foi um jogo bonito devido ao pendor ofensivo de ambas as equipas.

Deste modo, o Comércio poderia ter reduzido mais cedo, assim como nós poderíamos perfeitamente ter aumentado a vantagem no marcador.

No entanto, perto do final do tempo regulamentar, num lance perfeitamente controlado, acabámos por cometer penalti e ficar reduzidos a 10, perdendo assim um dos nossos melhores jogadores em campo naquela tarde. O Comércio procurou com todas as forças e nós procurámos defender com bola, tendo o jogo terminado com 3-2 a nosso favor.

A grande competência e organização da nossa equipa trouxe-nos esta saborosa vitória. Agora há que preparar já a próxima jornada contra o adversário mais difícil que tivemos este ano. Sem dúvida, o adversário que mais nos condicionou e que nós menos fomos capazes de contrariar. Vamos a Alcácer focados em mantermo-nos nos dois primeiros lugares.


Uma palavra para o Tiago Machado que esteve em campo sete minutos e que num lance menos bom acabou encaminhado para o hospital onde levou alguns pontos no queixo.

Um apreço também para a equipa de arbitragem que controlou um jogo que todos sabíamos seria difícil. Fosse no campo, nos bancos ou nas bancadas, sabemos que não seria fácil agarrar aquele jogo.

Por fim, o mais importante! A Costa voltou ao Futebol! Há anos que não via o nosso campo como no domingo passado e não tenho dúvidas da importância que representou para o nosso plantel. Tudo faremos para os continuar a honrar".


Share on Google Plus