COVA DA PIEDADE»» SAD reage à posição tomada pelo clube

A SAD diz que nada deve ao clube…

"É MENTIRA O QUE O CLUBE E O SEU PRESIDENTE ALEGAM"

Eis, o comunicado da SAD:

1 - A Clube Desportivo Cova da Piedade - Futebol SAD foi nesta data confrontada com o adiamento do jogo de futebol a contar para 13ª Jornada da fase de apuramento da Taça Relevação no escalão de Sub 23 a realizar no Estádio Municipal José Martins Vieira, pelas 11:00 horas.
2 – Tal ficou a dever-se a ordem do Clube Desportivo Cova da Piedade, na pessoa do presidente Paulo Veiga, através de comunicação à F.P.F. e comunicado a esta SAD pela advogada do Clube.
3 – Sendo que, com base em notícia publicada na comunicação social, o Clube e o seu presidente invocam a existência de dívidas da SAD ao Clube, nomeadamente referentes a passagem dos direitos desportivos do clube para a sociedade no montante de 120 000,00 €.
4 - Ora, esta SAD quer deixar bem claro e evidente que É MENTIRA o que o Clube e o seu presidente alegam, dado que a SAD NADA DEVE ao Clube, muito menos por conta de direitos desportivos.

5 – Antes pelo contrário, a SAD, através dos seus ACIONISTAS DE CATEGORIA B sempre fizeram, como fazem, AVULTADOS INVESTIMENTOS em capital, trabalho, meios técnicos e humanos, para que a sociedade desportiva e as suas equipas de futebol alcancem os seus objectivos e o nome do Cova da Piedade saia engrandecido.
6 – Esta atitude do presidente do Clube é a todos os títulos lamentável, injustificável, de má-fé e atentatória dos pergaminhos e de toda a história da instituição.
7 - Com efeito, é importante esclarecer a massa associativa e toda a opinião pública em geral que decorrem entre esta SAD e o Clube negociações efectivas, calendarizadas e judicialmente validadas, com vista a regularizar todas as questões pendentes entre as duas entidades.
8 – E que se prendem, essencialmente, com actualizações e alterações do contrato de sociedade, do contrato de utilização das instalações desportivas e dos acordos parassociais entre o Clube e os demais accionistas.
9 – Em nenhum caso está em cima da mesa das conversações qualquer questão económica e financeira, muito menos de 120 000,00 € e por via de passagem de direitos desportivos.
10 – A SAD lamenta que tudo isto seja fruto de um CAPRICHO DE ALGUÉM A QUEM NÃO É CONHECIDA QUALQUER OCUPAÇÃO ALÉM DE SER PRESIDENTE DO CLUBE…


11 – Mais: este senhor leva o Clube, como accionista de categoria A e clube fundador, a violar os seus mais elementares deveres e obrigações como sócio da sociedade desportiva, assim como a causar prejuízos avultados à SAD, que esta não deixará de no local, tempo e forma próprios de sindicar e pedir as necessárias e devidas indemnizações.
12 – É tempo dos associados do Clube tomarem conhecimento desta realidade e serem devidamente esclarecidos dos problemas entre as duas instituições para deixarem de ser influenciados e conduzidos por pessoas cujos interesses são todos menos os de preservar o bom nome, património e tradição do Clube.
13 – Por último, informa-se que, a título excepcional e com grande esforço da F.P.F., e disponibilidade do Vitória Futebol Clube, a quem desde já deixamos os nossos sinceros agradecimentos, o jogo encontra-se a decorrer no Estádio Alfredo da Silva desde as 16h.
14 – Embora por facto que não é imputável a esta SAD, cabe-nos apresentar as nossas mais sinceras desculpas à F.P.F., Vitória Futebol Clube, aos sócios e adeptos que se estavam a deslocar para assistir ao jogo, a todos as equipas que participam na Liga Revelação, à equipa de Arbitragem, às Forças de Segurança e Emergência Médica pelo episódio sucedido.
A Administração,


Share on Google Plus