COSTA DE CAPARICA»» Tiago Machado marcou um golo espectacular


Nuno Ferreira, treinador dos Pescadores…

“SE TIVÉSSEMOS GANHO NÃO TERIA SIDO JUSTO E O MESMO DIGO EM RELAÇÃO AO COMÉRCIO”

Os Pescadores foram a Setúbal arrancar um empate no jogo que disputou com o Comércio Indústria, num jogo que ficou marcado por um fantástico golo de Tiago Machado num pontapé de bicicleta perfeito…    

"Começar com um resultado positivo, fora de casa, no campo de um dos principais candidatos à subida, depois de, aproximadamente, dois meses sem competição, será sempre bom. Não muito bom, porque isso seria a conquista dos três pontos, mas temos de encarar o jogo com a humildade que nos é exigida e a verdade é que o empate foi, sem dúvida, o resultado mais justo.

Entrámos praticamente a perder e quando assim é, a ideia de jogo forçosamente sofre alterações. Passados 5' minutos do início do jogo, ainda ambas as equipas se estavam a "conhecer" e víamo-nos em desvantagem no marcador, num lance de demérito nosso e onde o nosso adversário conseguiu aproveitar uma falha onde somos, maioritariamente, muito competentes.


A partir daí, assistimos a um jogo feio, com muitas discussões entre os jogadores, com um relvado que prejudicou ambos e com uma experiência e maturidade aterrorizadora da parte do Comércio que ia conseguido controlar os momentos do jogo com um forte psicológico.​

Ao intervalo, procurámos alterar o que estava mal na primeira parte, sem grande feedback em termos de "jogo", porque efectivamente era difícil jogar. No entanto, procurámos equilibrar as nossas fragilidades. Posicionamentos, "bate boca" com o adversário e foi nessa organização que conseguimos chegar ao golo do empate, através de um dos golos mais bonitos (com toda a certeza) do nosso campeonato, numa brilhante execução do Machado.


A partir daí passou a haver mais espaço para se jogar por parte de ambas as equipas e as oportunidades foram surgindo de parte a parte, considerando que no final ambas as equipas se podem dar por satisfeitas com o resultado alcançado.​ Se tivéssemos ganho não teria sido justo e o mesmo digo em relação ao Comércio. Encontraram-se duas (muito) fortes equipas em campo e o respeito entre ambas foi constante.

Resta-me elogiar a equipa de arbitragem que soube gerir um jogo extremamente difícil de arbitrar, com penalizações onde tinha de o fazer, com admoestações de parte a parte e também eles com bastante respeito pelas duas equipas que estavam em jogo.

O primeiro jogo está feito. Neste momento, já só pensamos na próxima jornada em casa frente ao líder Alcacerense."

Share on Google Plus