COMÉRCIO E INDÚSTRIA»» Orgulho na sua formação

Afonso Monteiro e Luís Rosa em destaque…

DOIS JOVENS DA FORMAÇÃO ALVINEGRA BRILHAM NA EQUIPA SÉNIOR 

A chamada do guarda-redes Afonso Monteiro, de 17 anos, júnior de primeiro ano, à equipa sénior na condição de titular e os dois golos marcados por Luís Rosa, que abriram o caminho para a vitória, é motivo de orgulho para o clube que possui a certificação de três estrelas como entidade formadora.
  


Para o director da foramção Jão cacela "isto é o resultado do trabalho desenvolvido por muita gente onde se incluem naturalmente os atletas porque têm vontade, dedicação e qualidade, se não tivessem não chegavam a este patamar. Temos uma fornada de gente jovem que a curto prazo vai fazer parte do plantel sénior. É para isso que trabalhamos, procurando dar as melhores condições possíveis a todos os atletas da formação, pensando sempre na equipa sénior que é o topo da pirâmide”.


João Cacela, que deu publicamente os parabéns ao Afonso e ao Luís Rosa por aquilo que fizeram no domingo, realça também o facto de no ano passado terem saído dois jogadores, ambos guarda-redes, um para o Sporting e outro para o Vitória FC. “Isto quer dizer que estamos bem servidos de técnicos e que temos condições de trabalho (que ainda vão melhorar mais) melhores do que tínhamos em anos anteriores. Os resultados vão aparecer a curto prazo, não temos dúvidas. O que estes dois atletas fizeram no domingo é a prova evidente de que estamos no bom caminho”, realçou o dirigente que esta época espera superar largamente os 177 atletas da formação que tinha inscritos o ano passado na AF Setúbal.

Sentimento de conquista 

Em declarações ao ‘Setubalense – Diário da Região’, Afonso Monteiro não escondeu a sua satisfação pela oportunidade que lhe foi dada.
 Os treinadores confiaram em mim. Fiquei com um sentimento de conquista pelo que tenho conseguido fazer nestes dois anos em que estou no Comércio Indústria. Deu para mostrar aos treinadores e aos representantes do clube que tenho qualidade e que consigo demonstrar isso em campo”.

O jovem guarda-redes, de 17 anos, confessou que neste jogo com o Melidense sentiu algum “nervosismo inicial” porque estava a jogar com jogadores mais velhos mas “com o decorrer do tempo e com o suporte da equipa o nervosismo foi desaparecendo e comecei a encarar o jogo como se fosse do meu escalão”.

Sobre os seus objectivos pessoais, Afonso Monteiro, que começou a jogar no Sonho XXI, fez uma revelação curiosa. “A princípio não levava isto muito a sério mas quando vim para o Comércio mudei de ideias porque as oportunidades começaram a surgir. Agora, não sei. Quem sabe se não se abre uma janela para seguir este caminho e ingressar num clube de maior dimensão”.


 Excelente início de época

Luís Rosa iniciou a prática futebolista nos Pelezinhos mas já está no Comércio Indústria há sete anos. Esta época promovido à equipa sénior, o jogador está a aproveitar bem as oportunidades que lhe estão a ser dadas e os golos que marcou são exemplo disso mesmo.

Fiquei muito satisfeito com os golos que marquei. Estou orgulhoso daquilo que fiz mas ao mesmo tempo com uma vontade enorme de trabalhar para continuar a marcar muitos mais. Entrei em campo concentrado porque tínhamos que conquistar os três pontos e as coisas correram bem”.

Luís Rosa está confiante na realização de uma boa temporada e adiantou ao nosso jornal que “este início de época tem estado a correr bem, integrei-me muito bem no grupo, os mais velhos têm ajudado e sinto-me como se estivesse em família”.

Em relação ao futuro, o jogador não escondeu o seu desejo. “Quero continuar a marcar golos e a fazer assistências para ajudar o Comércio Indústria a concretizar o sonho de subir ao Campeonato de Portugal”. A nível individual, num futuro próximo o jogador tem como objectivo o ingresso num clube de maior dimensão.

Share on Google Plus