2.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» Palmelense 3 Corroios 1

Quando a notícia chegou foi enorme a satisfação…

PALMELENSE ESTÁ DE REGRESSO À 1.ª DIVISÃO DISTRITAL


O Palmelense tinha a noção de que não iria ter tarefa fácil porque o adversário era de respeito mas acabou por sair-se bem conquistando os três pontos da vitória que era de facto o seu grande objectivo para poder ficar mais perto da subida que acabou por acontecer de forma talvez inesperada graças à ajuda dada pela Juventude Cercalense que derrotou a ADQC, por 2-1.

No Cercal do Alentejo o jogo começou uma hora depois e por essa razão quando a notícia chegou já não estava ninguém no campo mas nem por isso o facto deixou de ser comemorado. O Palmelense está assim de volta ao Campeonato Distrital da 1.ª Divisão depois de uma passagem de dois anos pelo escalão secundário do nosso futebol.

Em relação ao jogo com o Ginásio de Corroios tal como se previa não foi nada fácil devido à qualidade do adversário.

A primeira parte terminou sem golos e a vitória da equipa de Palmela só começou a ser construída a partir do momento em que o Corroios ficou reduzido a 10 jogadores por expulsão de Inácio, aos 51 minutos.

O marcador foi inaugurado por Pombo aos 60 minutos mas a equipa ginasista, apesar de estar a jogar em inferioridade numérica, reagiu e pouco tempo depois empatou por intermédio de Luís, o seu melhor marcador.

Como o resultado não lhe interessava a equipa de Palmela voltou-se a impor e Diogo Assis, jogador ainda júnior lançado na partida ao intervalo, desfez a igualdade que seria depois ampliada por Grampola.

Estava assim consumada a vitória e ultrapassado mais um degrau em relação à subida de divisão que acabou por acontecer mais tarde, como já foi referido.

Na próxima jornada, com jogos às 17 horas, o Ginásio de Corroios recebe a Juventude Cercalense e o Palmelense desloca-se ao Barreiro para defrontar o Luso.


A OPINIÃO DOS TREINADORES…

FLÁVIO SANTOS, treinador do Palmelense:


NUNO CASIMIRO, treinador do Ginásio de Corroios:



Share on Google Plus