PESCADORES»» Treinador fala da vitória em Almada

A garra e o acreditar até ao fim foram determinantes…

“O JOGO TEVE UM POUCO DE TUDO, PENALTIS, EXPULSÕES, CHUVA TORRENCIAL E MUITOS GOLOS”

"Foi um jogo digno de equipas do topo da tabela. Um jogo que teve um pouco de tudo. Penaltis, expulsões, chuva torrencial e muitos golos. Começámos a partida desconcentradíssimos e logo aos 30” de jogo, o Almada poderia ter inaugurado o marcador, não fosse uma defesa fantástica do nosso guarda-redes. Não satisfeito, passados 7’ viria a defender uma grande penalidade". 

"Quando assim é, a equipa ganha uma força extra e uma crença enorme em como vai ser capaz, e foi mesmo. No espaço de dois minutos desbloqueámos o jogo e fizemos dois golos em dois lances bastante bem trabalhados. Acabámos por controlar o jogo entre os 10 e os 35’ da primeira parte, tendo o Almada maior ascendente nos últimos 10’, chegando ao golo já em tempo de descontos".


“Quando recomeçou o jogo, verificou-se rapidamente que o Almada estava novamente por cima, saindo nós em momentos de ataque rápido e criando esporadicamente momentos de calafrio à linha defensiva adversária. Aos 55 minutos, o Almada restabeleu o empate através de um livre junto à linha de meio campo, onde apareceu à entrada da área um jogador almadense a marcar o golo”.

“Alterámos a nossa forma de jogar, atribuindo mais força e menos qualidade ao nosso meio campo e foi, claramente, nesse inverter de prioridades no jogo que conseguimos trazer o mesmo de volta para o nosso controlo”.

“A partir dos 80’, criámos quatro ou cinco lances a partir de bola parada na área do nosso adversário e viria a ser numa dessas bolas paradas que surgiria o nosso terceiro golo. Foi a garra e o acreditar até ao fim que nos deu mais três pontos. Uma organização tremenda e um querer enorme!"

Share on Google Plus