JUVENIS»» BENFICA 0 V. SETÚBAL 2

Águias sofrem primeira derrota no campeonato…

V. SETÚBAL SURPREENDE BENFICA NO SEIXAL

Depois de nove jogos consecutivos a vencer o Benfica sofreu a sua primeira derrota no campeonato no jogo que disputou no Seixal, com o V. Setúbal, que foi uma equipa pragmática porque esteve muito bem a defender e soube aproveitar os deslizes do adversário para marcar dois golos, coisa que até agora ninguém tinha feito aos benfiquistas.

As águias entraram dominadoras, tiveram mais posse de bola e nos primeiros dez minutos desperdiçaram duas boas ocasiões. O V. Setúbal respondeu com um lance de bola parada que colocou em perigo a baliza à guarda de Manuel Baldé mas o jogo continuava a ter apenas um sentido só que os pupilos de Luís Nascimento não conseguiam romper a boa organização defensiva do V. Setúbal que, numa das suas subidas até à grande área contrária, se colocou em vantagem por André Lopes (31’) na cobrança de um canto directo.


O Benfica fez uma alteração ao intervalo e voltou a mexer na equipa dez minutos depois com o objectivo de melhorar o seu jogo em termos ofensivos e na verdade esteve muito perto do golo por (Filipe Cruz, Diogo Nascimento, Tomás Araújo) diversas vezes sendo de salientar uma bola atirada à barra por Filipe Cruz, aos 67 minutos. 

As águias continuavam desesperadamente à procura do golo mas não o faziam da forma mais conveniente e o espectro da derrota, que começava a pairar no ar, acabou por ser confirmado, já em período de compensação, com a obtenção do segundo golo por Ruben Aroeira. 

Na próxima jornada o Vitória recebe o Barreirense e em caso de vitória, ou até mesmo um empate, assegura presença na fase seguinte. Alfredo Lopes, técnico da equipa sadina, mostrou imenso orgulho nos seus pupilos.

                                                                                        
A OPINIAO DOS TREINADORES...

Luís Nascimento (Benfica):”Tivemos qualidade, criámos oportunidades, mas faltou-nos um pouco mais de ambição e garra em determinados momentos. Foi a primeira vez que estando a perder não conseguimos dar a volta ao resultado”.

António Lopes (V. Setúbal): “Foi um jogo de sofrimento e ao mesmo tempo uma manifestação de força da equipa que a nível de grupo mereceu esta vitória. Sinto grande orgulho em ser treinador desta equipa”.

Share on Google Plus