PALMELENSE»» Sofreu três golos nos primeiros 10 minutos


Jaime Margarido fala também em alguma falta de sorte …

“NENHUMA EQUIPA DO MUNDO PODE SOFRER TRÊS GOLOS EM TÃO CURTO ESPAÇO DE TEMPO”


"A sorte tem andado um pouco afastada de nós porque nos dois últimos jogos perdemos nos últimos lances dos encontros. E, neste com os nossos jogadores avisados para as situações de bola parada do adversário", começou por referir ao nosso jornal o treinador do Palmelense no final do jogo com o Banheirense.

"Nos primeiros dez minutos sofremos três golos, dois na sequência de lançamentos e o outro num canto. Isto é uma coisa que não lembra a ninguém. A equipa por vezes até está bem nestas situações mas numa falta de concentração o Banheirense aproveitou, fez três remates e marcou três golos".   

“A partir daí só deu Palmelense, estivemos sempre em cima do Banheirense que esteve praticamente 55 minutos sem chegar à nossa baliza e nós atirámos duas bolas à trave e vimos também o guarda-redes fazer duas excelentes defesas. A história do jogo é esta e nós acabámos por perder o jogo por 3-2".


"Depois de estarmos a perder por 3-0, conseguimos chegar ao 3-2 com toda a justiça e depois ainda tivemos ainda 55 minutos para dar a volta ao jogo mas não conseguimos por mera infelicidade".

"A equipa jogou bem mas foi castigada com os três golos que sofreu em apenas 10 minutos, coisa que nenhuma equipa do mundo pode sofrer".

"A intempérie não ajuda muito a nossa equipa mas mesmo assim acho que o empate seria o resultado mais. Mas, vamos levantar a cabeça e tentar fazer o nosso campeonato praticando bom futebol se o tempo deixar”.


Share on Google Plus