1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» ALFARIM 0 BANHEIRENSE 1 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

27 de janeiro de 2014

1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» ALFARIM 0 BANHEIRENSE 1

Árbitro Fábio Varanda volta a estar na berlinda…


Banheirense chega à vitória mesmo a jogar com 10


O Banheirense alcançou um dos resultados mais surpreendentes da jornada ao derrotar o Alfarim, na sua própria casa, por uma bola a zero, com um golo marcado por Marinho precisamente aos 89 minutos, numa altura em que jogava apenas com 10 jogadores devido à expulsão do seu capitão de equipa, Coelho, quando estavam decorridos 70 minutos de jogo.

O Alfarim que está a passar por uma crise de resultados procurou jogar um futebol mais apoiado e até teve mais posse de bola mas o Banheirense que levava a lição bem estudada foi mais eficaz e acabou por conquistar os três pontos que colocam a equipa num excelente 7.º lugar com 21 pontos, contra 18 do Alfarim que se encontra posicionado em 9.º lugar, na tabela classificativa.

Relativamente a este encontro sobressaem as declarações do treinador do Banheirense, Ricardo Pardal, que volta a colocar na berlinda o árbitro Fábio Varanda, o grande protagonista desta época face ao elevado número de casos que têm acontecido em jogos por si dirigidos.

Na próxima jornada o Banheirense recebe o Almada e o Alfarim desloca-se a Alcochete.



A OPINIÃO DOS TREINADORES


JOSÉ CARLOS, treinador do Alfarim:

“O nosso problema tem a ver com a falta de confiança”

“Em termos de posse de bola fomos superiores mas isso não chega para ganhar jogos. O Banheirense deu sempre boa réplica porque tem uma equipa muito organizada e muito agressiva sobre a bola a sair em contra-ataque. Teve mérito pela forma como conseguiu chegar á vitória, mesmo quando estava reduzido a 10 jogadores. A responsabilidade de assumir o jogo era nossa mas eles que jogaram no erro do adversário conseguiram o que queriam. O nosso problema tem a ver com a falta de confiança. Quando ela não existe o fio de jogo normal não desenrola e a equipa emperra porque há sempre um passe que sai mal que origina situações de transição do adversário. Isto não aconteceu só neste jogo, tem acontecido também em muitos outros. Por outro lado, a perda de alguns jogadores importantes como é o caso do Luís Carlos que se voltou a lesionar, do Leite que foi para a Naval e neste jogo também do Mantorras, por lesão, também têm tido influência pela negativa. A equipa está a atravessar uma fase menos boa mas o que está a fazer falta para aumentar os nossos níveis de confiança é apenas um resultado positivo”.




RICARDO PARDAL, treinador do Banheirense:

"Foi uma vitória do querer, da entrega e do espírito de equipa”

"Foi uma vitória do querer, da entrega e do espirito de equipa que estes jogadores levam para dentro de campo, onde a péssima actuação deste trio de arbitragem (pelo que sei esta época tem sido apanágio deste trio) que perdoou uma expulsão por agressão, conseguiu não ver dois penaltis escandalosos a nosso favor e que ainda expulsa o meu capitão numa "pretensa" falta que só o árbitro viu. Estes acontecimentos a juntar à minha expulsão (que os próprios responsáveis do Alfarim se mostraram disponíveis para testemunharem a meu favor, num eventual recurso à minha expulsão) fez com que os meus atletas fossem buscar forças onde já não as tinham e com um grande carácter, chegaram à vitória em inferioridade numérica, totalmente merecida. Um reparo à forma como a AF Setúbal castiga os treinadores e não só; ou seja, por um simples relatório elaborado e "trabalhado" da maneira que mais convém às equipas de arbitragem. Se eu for castigado (e espero sinceramente não o ser, pois nada fiz para que fosse expulso) é por um relatório feito de forma desonesta pelo árbitro da partida, onde a mentira predominará Vou aguardar serenamente pela decisão de AF Setúbal. Parabéns também aos muitos adeptos Banheirenses que se deslocaram a Alfarim para nos apoiarem. Desejo também um bom campeonato à equipa do Alfarim”.



FICHA DO JOGO

Jogo no Complexo Desportivo do Alfarim
ÁRBITRO:  Fábio Varanda (Núcleo do Barreiro)

ALFARIM: Sérgio Mata; Tiago Veríssimo, Tiago Dias, Paulo Vítor, Sandro; Elson (Tiago Carvalho,60’), Jinelson (Ivo, 80’), António Pires (João Pinhal, 60’), Bruno Correia; Bolacha e Bernardo.   
TREINADOR: José Carlos Oliveira

BANHEIRENSE: Andrade, Tiago, Hernâni, Coelho, Euclides; Marinho, Abu, Celestino; Ramirez (Zaga, 65’), Xuxa (Cordeiro, 75’) e Racha.
TREINADOR: Ricardo Pardal

Ao intervalo: 1-0
Marcadores: 0-1, Marinho (89’).

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here