1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» ALFARIM 1 SESIMBRA 1 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

13 de janeiro de 2014

1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» ALFARIM 1 SESIMBRA 1

Equipa sesimbrense foi a primeira a marcar

Alfarim cede empate em casa no dérbi com o Sesimbra


Alfarim e Sesimbra empataram a uma bola na partida que disputaram a contar para a 12.ª jornada do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão.

O jogo foi próprio de um dérbi e emoção foi coisa que não faltou devido à atitude que os jogadores costumam colocar em prática sempre que as duas equipas se encontram.

Perante o notório equilíbrio registado na primeira parte não admirou que o intervalo tivesse chegado com o marcador em branco porque as oportunidades de golo foram na verdade muito escassas.

Os golos aconteceram na segunda parte e o primeiro foi para o Sesimbra que abriu o activo aos 68 minutos por intermédio de Hugo Loureiro após assistência de Justino, jogador que fez a sua estreia pela equipa sesimbrense para onde se transferiu vindo do Futebol Benfica. Aliás, a este propósito, importa referir que a equipa orientada por Alfredo Almeida se apresenta agora mais consistente devido à entrada de alguns jogadores novos como é o caso também do guarda-redes Agnaldo (ex-Real Clube Portugal), Valentim (ex-Carregado), Sérgio Zeferino (ex- BEC Tero Sasana – Tailândia, depois de ter representado o Almada) e Rui Santos (ex-Fabril).

Em desvantagem, a equipa da casa procedeu a alterações no seu xadrez na tentativa de alterar o rumo dos acontecimentos e acabou por chegar ao empate por Mantorras, aos 85 minutos.

No final do encontro, ambos os treinadores estavam de acordo quanto à justiça do resultado final mas tanto um como o outro tinham opinião contrária caso tivesse que haver um vencedor.
  

A OPINIÃO DOS TREINADORES:


 JOSÉ CARLOS, treinador do Alfarim:

“Jogámos mais com o coração que com a cabeça”

“A haver um vencedor seriamos nós mas o empate aceita-se. O adversário esteve bem, soube sair em contra-ataque e fez um golo que o colocou em vantagem. Nós jogámos mais com o coração que com a cabeça e as coisas não nos correram da forma desejada mas ainda assim conseguimos chegar ao empate já perto do final do encontro. Como é compreensível, o nosso objectivo passava pela conquista dos três pontos mas o melhor que conseguimos foi apenas um. Não ficámos satisfeitos com o resultado mas o jogo acabou por ser um bom dérbi porque foi bem disputado. Foi um jogo muito intenso como é natural sempre que estas equipas se encontram, com muita marcação e muitas faltinhas. No fundo, não foi muito bem jogado mas houve muita entrega”.   



ALFREDO ALMEIDA, treinador do Sesimbra:

"Já muito próximo do final Sérgio Paiva
poderia ter dado a vitória ao Sesimbra"

“ A primeira parte foi muito equilibrada porque ambas as equipas foram bastante determinadas. O Alfarim tem a primeira ocasião que foi negada pelo Agnaldo. Depois, o Sesimbra também tem a mesma oportunidade [por duas vezes] mas também não conseguiu marcar devido à acção do Sérgio Mata. A igualdade justificava-se plenamente ao intervalo. Na segunda parte, o Sesimbra entrou melhor e conseguiu sair da pressão alta que o Alfarim estava a tentar impor. O Alfarim tinha mais bola mas o Sesimbra era sempre muito perigoso e numa saída rápida, Justino fez uma assistência para Hugo Loureiro que obteve um excelente golo. O Alfarim partiu em busca da igualdade mas quem esteve mais perto de marcar foi outra vez o Sesimbra que poderia mesmo ter matado o jogo. A partir daqui recuou as linhas, o Alfarim passou a ter mais bola e acabou por chegar ao empate, com alguma justiça. Já muito próximo do final do encontro Sérgio Paiva poderia ter dado a vitória ao Sesimbra mas o empate aceita-se”.



FICHA DO JOGO

Jogo no Complexo Desportivo, em Alfarim
ÁRBITRO: Paulo Barradas (Núcleo do Pinhal Novo)

ALFARIM: Sérgio Mata; Tiago Veríssimo, Tiago Dias, Paulo Vítor, Sandro (António Pires, 80’); Elson, Bruno Correia (Luís Carlos, 70’), Tiago Carvalho; Bolacha, Mantorras e João Pinhal (Bernardo, 70’).   
TREINADOR: José Carlos Oliveira

SESIMBRA: Agnaldo; Fábio Freitas, Tiago Neto, João Mata, Valentim; Casaca, Hugo Loureiro (Rui Santos, 90’), Sérgio Zeferino (Bruno Pólvora, 65’); Miguel Correia (Sérgio Paiva, 75’), Valdo e Justino.
TREINADOR: Alfredo Almeida


Ao intervalo: 0-0
Marcadores: 0-1, Hugo Loureiro (68’); 1-1, Mantorras (85’)

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here