1.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» Alfarim surpreende Barreirense na Verderena


Nenhuma das equipas visitadas conseguiu ganhar…

DESPORTIVO FABRIL REFORÇOU A SUA POSIÇÃO DE LÍDER

O Desportivo Fabril continua firme no comando do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão que lidera com cinco pontos de vantagem sobre o segundo classificado, o U. Santiago.

Numa jornada onde nenhuma das equipas que jogou em casa conseguiu ganhar, os resultados mais relevantes foram alcançados pelo Desportivo Fabril no Monte de Caparica onde defrontou o Cova da Piedade B e pelo Alfarim que foi à Vederena vencer o Barreirense, na estreia do treinador Rui Fonseca.

No Monte de Caparica, o jogo que era aguardado com grande expectativa correspondeu em pleno ao que dele se esperava. A equipa piedense colocou-se em vantagem aos 12 minutos na cobrança de uma grande penalidade convertida por Pedro Paz mas o Fabril conseguiu depois dar a volta ao marcador com um golo marcado por Bruninho ainda no decorrer da primeira parte (41’) e outro na segunda, por volta dos 60 minutos, por Bruno Lourenço, alcançando assim uma vitória extremamente importante num jogo que, como se esperava, foi muito disputado devido à excelente réplica dada pela equipa piedense que viu duas bolas serem devolvidas pelo ferro da baliza adversária.

Excelente foi também a vitória alcançada pelo Alfarim que derrotou o Barreirense, em casa deste, por duas bolas a uma, no jogo que fechou a jornada. 

De realçar será também a vitória alcançada pelo Oriental Dragon no Juncal Desportos sobre o Moitense, naquela que foi a terceira consecutiva da equipa agora orientada por Nuno Cirilo que ficou desta forma mais próxima dos lugares da frente.

Depois há também que salientar a goleada obtida pelo Sesimbra no campo do FC Setúbal e os êxitos alcançados pelo Alcochetense em Cacilhas sobre o Beira Mar de Almada e pelo Grandolense no Vale da Amoreira no jogo que aí realizou com o Banheirense, na estreia de Joaquim Chora como treinador.


Nos restantes jogos da 10.ª jornada registaram-se dois empates que satisfazem muito mais quem jogou fora (U. Santiago e Vasco da Gama) do que aqueles que jogaram em casa (Palmelense e Charneca de Caparica). 




Share on Google Plus