ÁGUAS DE MOURA»»» Paulo Martins realça trabalho da equipa - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

28 de novembro de 2019

ÁGUAS DE MOURA»»» Paulo Martins realça trabalho da equipa


Quanto a objectivos: é prematuro falar em candidatura…

O MÉRITO DESTA CAMPANHA PERTENCE POR INTEIRO AOS JOGADORES”


O Águas de Moura, que está a fazer um excelente início de época, é o líder do Campeonato Distrital da 2.ª Divisão com dois pontos de vantagem sobre o Seixal.

Nos sete jogos efectuados, a equipa do concelho de Palmela obteve cinco vitórias e dois empates, seguindo na tabela classificativa com 17 pontos, sem derrotas, um dos ataques mais concretizadores e a defesa menos batida do campeonato, com apenas três golos sofridos. 
 
Na última jornada foi ganhar a Alcácer do Sal, por 3-1, com golos marcados por Hélder Martins (33’), Edi (63’) e Eva (68’), resultado que deixou o seu treinador, Paulo Martins, satisfeito.

Entrámos bem no jogo mas dois começámo-nos a preocupar de mais com a equipa de arbitragem. Voltámos ao jogo com o golo marcado com um remate de fora da área pelo Hélder Martins e ficámos por cima. Na segunda parte alterámos a nossa forma de jogar, porque sabíamos que o adversário queria chegar ao empate. Apostámos mais no ataque rápido, marcámos mais dois golos e acho que fomos justos vencedores”, referiu a propósito.

Sobre a posição que ocupa na tabela classificativa, Paulo Martins diz que ainda é muito cedo para tirar ilações porque ainda não se atingiu o primeiro terço do campeonato. “O mérito desta campanha pertence por inteiro aos jogadores porque são eles que estão lá dentro e são eles que tomam as decisões. Nós, trinadores, apenas damos as ferramentas para que eles cheguem à baliza para fazerem golos e que saibam defender para não sofrer. Mas, como é evidente, é muito melhor trabalhar sobre vitórias do que trabalhar sobre derrotas. É bom andar na frente mas nada está ganho porque ainda falta muito campeonato. No próximo domingo vamos ter mais uma batalha em nossa casa onde esperamos conseguir mais uma vitória.


Ser ou não ser candidato…

Em relação a objectivos, Paulo Martins diz que o Águas de Moura quer fazer melhor que o ano passado mas não se assume como candidato porque o campeonato é longo e de um momento para o outro podem acontecer várias condicionantes, sobretudo causadas por lesões e castigos.


“A questão de ser ou não candidato tem muito que se diga porque estamos a trabalhar no amadorismo e nunca sabemos com o que podemos contar no dia seguinte. Assim sendo, a nossa ambição é ganhar todos os jogos. Se isso acontecer obviamente vamos chegar a fim na frente, mas para isso é preciso trabalhar muito”, refere o treinador que tem procurado implementar uma nova mentalidade nos jogadores.

Antigamente no Águas de Moura empatar ou perder por poucos já era bom mas a realidade hoje é bem diferente. Meter isso na cabeça dos jogadores não tem sido fácil mas uma coisa é certa, neste momento, todos os jogadores sabem a responsabilidade que têm dentro da equipa, a começar no guarda-redes e a terminar nos pontas de lança. Actualmente somos a equipa menos batida do campeonato mas isso não é só mérito dos defesas mas essencialmente da maneira como se trabalha durante a semana”, realçou.

E, voltando à questão da candidatura, afirmou: “o Águas de Moura tem vindo a crescer no futebol distrital e nós não vamos baixar os braços porque também temos a ambição de ganhar mas, em relação à candidatura, só a podemos assumir se à entrada para o último terço do campeonato estivermos em posição para atacar realmente a subida. Para já é prematuro falar nisso”.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here