CAMPEONATO DE PORTUGAL»» Pinhalnovense 1 Moncarapachense 0 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

segunda-feira, 20 de setembro de 2021

CAMPEONATO DE PORTUGAL»» Pinhalnovense 1 Moncarapachense 0

 

Pinhalnovense marca no último suspiro…



SÁVIO ROBERTO DECIDIU DE PENALTI NO DERRADEIRO MINUTO DA COMPENSAÇÃO


 


O Pinhalnovense entrou da melhor maneira no Campeonato de Portugal ao vencer o Moncarapachense por uma bola a zero no jogo que assinalou a sua estreia, dado que na primeira jornada não havia jogado devido ao adiamento do jogo com o Olhanense que ficou marcado para o dia 9 de Outubro.


A partida disputada no Campo Santos Jorge, desta vez com público, ao contrário do que tinha acontecido no jogo da Taça de Portugal com o Amora, foi disputada com grande intensidade e muita entrega por parte dos jogadores de ambas as equipas mas foi preciso esperar pelos instantes finais para ver finalmente a bola beijar as malhas de uma das balizas.



Quando se atingiu os 90 minutos o resultado estava em 0-0, o árbitro deu seis minutos de compensação pelo tempo perdido e o Pinhalnovense acabou por chegar à vitória mesmo no último suspiro, na concretização de um penalti pelo brasileiro Sávio Roberto, quando o cronómetro assinalava já sete minutos.


Foi uma vitória sofrida mas inteiramente merecida da equipa treinada por Ricardo Estrelado.

 

 

 

FICHA DO JOGO

 

 

Campo Santos Jorge, em Pinhal Novo

ÁRBITRO: Rui Petas (Portalegre)



PINHALNOVENSE: Mardo Djoco (Matthaus Ferreira, 85’); Ju, Duarte Coelho, Tomás Loureiro, Alain Pilar; Gustavo Burity (Caio Carioca, 68’), João Caminata (Edgar Ferreira, 72’), Sávio Roberto; Mimi, Dino Semedo (Diogo Firmino, 72’), Siriki Camará (Arter, 85’).



Treinador: Ricardo Estrelado

 

 

MONCARAPACHENSE: João Azul; Pedro Caeiro, Filipe Bastos, Paulo Matos, Nuno Silva; João Correia, André Dias, Afonso Calvinho (Ebanilson, 73’); Luís Gaspar (Sérgio Abreu, 78’), Gabriel Almeida e Ivan Francisco (João Mucuia, 73’).


Treinador: Ivo Soares

 

Ao intervalo: 0-0

 

Marcador: 1-0, Sávio Roberto (90+7’)

 

Disciplina: Alain Pilar (36’), João Caminata (45+2’), Gustavo Gurity (63’), André Dias (78’), Arter (90+7’)

 

 

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here