LIGA REVELAÇÃO»» Benfica 0 Estoril 1

Golo sofrido aos 40 minutos foi fatal para os encarnados...

CANARINHOS VOARAM MAIS ALTO NO ESPAÇO DAS ÁGUIAS 


Um golo marcado por André Franco aos 40 minutos deu o triunfo ao Estoril no jogo que disputou com o Benfica relativo à 23.ª jornada da Liga Revelação, que é agora liderada pelo Rio Ave, embora as águias tenham o mesmo número de pontos. 
Durante o jogo houve muita luta, muito empenho, muita entrega e muita vontade por parte dos jogadores mas foram escassas as oportunidades de golo.
A primeira situação de perigo foi criada pelo Estoril aos 24 minutos com Sandro Lima num remate de longe a obrigar Celton Biai a mostrar os seus reflexos.
O jogo continuava repartido mas as melhores acções ofensivas pertenciam aos canarinhos que acabaram por chegar ao golo por André Franco (40’), após tabela com Sandro Lima, numa jogada desenvolvida pelo corredor central.
O Benfica reagiu e esteve muito perto do empate (44’) por Rodrigo Conceição mas este desperdiçou aquela que foi a melhor oportunidade dos benfiquistas, na primeira parte.
Na segunda parte o jogo melhorou em termos de oportunidades com o Benfica a fazer a bola roçar a barra da baliza adversária (64’) num cruzamento de Tomás Domingos e o Estoril a não aproveitar um contra-ataque de Cassini (88’) que, depois de fintar o guarda-redes, atirou para fora.
FICHA DO JOGO
Jogo no Caixa Futebol Campos, no Seixal
ÁRBITRO: André Pereira (Lisboa), auxiliado por Bruno Pereira e Telmo Batista
BENFICA: Celton Biai; Tomás Domingos (Anthony Carter, 83’), Pedro Álvaro, Gonçalo Loureiro, Godfried Frimpong; Diogo Capitão, Ilijja Vukotic (Ronaldo Camará, 74’), Diogo Pinto; Edi Semedo, Rodrigo Conceição (Tiago Gouveia, 58’) e Ivan Saponjic (Pedro Soares, 74’)
Treinador: Luís Tralhão

ESTORIL: Thierry; Tiago Melo, Basso, João Pedro, Toti ; Cícero, Fábio Martins, João Cardoso (João Oliveira, 90’); André Franco (Cassini, 80’), Bruno Almeida (Klismahn, 70’) e Sandro Lima.
Treinador: Rui Santos

Ao intervalo: 0-1
Marcadores: 0-1, André Franco (40’).
Disciplina: Amarelo para João Pedro (73’ e 90+4’), Cícero (77’), Diogo Capitão (86’). Vermelho por acumulação para João Pedro (90+4’).

Share on Google Plus