BANHEIRENSE»» Reacção aos acontecimentos de Domingo

Esclarecimento sobre o caso das balizas no campo do Beira Mar…
“NÃO É NOSSA PRETENSÃO GANHAR JOGOS NA SECRETARIA”

Em resposta às afirmações do senhor Rui Bicho a União Desportiva e Cultural Banheirense reserva se no direito de esclarecer o ocorrido no passado Domingo:
Em momento de descompressão o nosso guarda-redes achou uma diferença nas balizas; com a equipa de arbitragem a fazer a vistoria ao campo dissemos que as balizas eram capazes de estar mais baixas, onde o árbitro de livre vontade esticou a mão até a barra e arranjou uma fita métrica para medir a mesma onde se verificou que ambas as balizas tinham 2,40 m onde a medida oficial do bordo inferior da barra transversal ao solo é de 2,44 m.
Visto isto a equipa de arbitragem pediu um tempo para tomar uma decisão e a decisão tomada e transmitida às duas equipas foi que caso a equipa visitada não resolvesse o problema não haveria  jogo. O Beira Mar de Almada transmitiu à equipa de arbitragem que iriam resolver. Após essa decisão os nossos guarda-redes entraram em campo para aquecer e a nossa equipa estava equipada à espera para entrar em campo.
O problema foi resolvido às 15h50m e o jogo começou às 16h20m jogando a segunda parte toda de noite.
É afirmado pelo Sr. Rui Bicho que queríamos ganhar o jogo na Secretaria, não é nossa pretensão ganhar jogos na Secretaria; existem regras para cumprir, não foi o Banheirense que as inventou, e se tivéssemos a ser apenas mesquinhos a equipa de arbitragem não tinha agido.
Se o nosso guarda-redes achou uma diferença, e nos alertou é nossa obrigação verificar se de facto existe ou não essa diferença. Os jogos  ganham-se em campo, e de preferência cumprindo as respectivas regras.
Deixamos só aqui uma curiosidade, já não havia espaço para mais na reportagem, foi memória selectiva, ou foi de propósito que o Sr. Rui não disse que a equipa do Banheirense foi ameaçada?

Share on Google Plus