COSTA DE CAPARICA»» Prevê-se casa cheia esta quinta-feira - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

19 de junho de 2019

COSTA DE CAPARICA»» Prevê-se casa cheia esta quinta-feira


Nuno Ferreira e a vitória no Seixal…

“O EXCELENTE TRABALHO QUE HAVÍAMOS FEITO AO LONGO DA ÉPOCA NÃO PODERIA CAIR EM SACO ROTO”


O Campeonato Distrital da 2.ª Divisão tem vindo a ser disputado de forma bastante competitiva e a prova disso é que à partida para a última jornada há ainda três equipas com possibilidade de subir de divisão, tudo depende dos resultados que se vierem a registar. Mas uma coisa é certa, quem está em melhor posição para conseguir o objectivo são os Pescadores porque são os únicos que dependem apenas de si próprios para lá chegar…

Na véspera do jogo decisivo com o Almada, que irá levar certamente muita gente à Costa de Caparica, Nuno Ferreira recordou como foi o jogo no Seixal.  

"Havia algo que nos dizia que podíamos chegar à última jornada com a oportunidade de lutar para subir.

“Algo” era uma crença enorme que o excelente trabalho que havíamos feito ao longo da época não poderia cair em saco roto sem que tivéssemos uma última oportunidade. Fizemos por tê-la, ganhando no Seixal e agora queremos muito agarrar essa oportunidade! 

Fomos ao Seixal pressionados com o único objectivo de ganhar, entrámos muito bem e nos primeiros 15/20’ conseguimos fazer a melhor fase do jogo. Bastante bem organizados e posicionados em campo, adaptámo-nos muito bem à excelente organização do Seixal conseguindo chegar ao golo inaugural logo aos 7’.



Mantivemos uma toada forte e até ao intervalo poderíamos perfeitamente dilatado a vantagem que existia. Não menos verdade é o facto do Seixal também ter criado algumas oportunidades de golo que poderia ter dado o empate à passagem dos 45’.

À entrada da segunda parte vínhamos alerta para um super Seixal como tão bem nos tem habituado em jogos passados fazendo grandes segundas partes. Foi o que encontrámos rapidamente. 

Procurámos ajustar a nossa forma de jogar ao pendor ofensivo do adversário e fomos conseguindo “aguentar” até ao golo marcado num lance de bola parada onde o adversário tem todo o mérito na forma como o conseguiu.
Naturalmente ambas as equipas foram à procura de mais, ambos queríamos ganhar e viu-se um jogo mais bonito a partir daí. A verdade, é que o golo poderia ter caído para ambos os lados. Nós, tivemos a felicidade de o conseguir e sair do Seixal na frente para o final do campeonato.


Uma palavra de apreço à equipa de arbitragem. Jogo difícil, como muitos adeptos e de grande importância para ambas as equipas. 

Não seriam todas as equipas de arbitragem que saberiam gerir um jogo desta importância da forma como o fizeram. Em mais de 90’ de jogo não me recordo de me dirigir ao árbitro uma única vez. Penso que isso revela tudo o que aconteceu ao longo do jogo.

Disse-o há sensivelmente três semanas que fossem quais fossem as equipas que subissem seria tremendamente justo tal é a qualidade e o equilíbrio que existe no campeonato. Mantenho a minha opinião.

Dou os parabéns ao Comércio por ter sido um justo campeão e agora temos um foco em juntarmo-nos a eles na 1.ª Divisão. Falta apenas uma final e iremos entrar com o objectivo de sermos iguais ao que fomos na grande maioria dos jogos até aqui... Competentes e sérios! 

Por fim, acredito que teremos uma casa fantástica na próxima quinta-feira. Seja composta por adeptos dos Pescadores quer adeptos do Almada. A todos peço o máximo respeito pelo que irá acontecer em campo. É um derby, sempre foi e sempre o será! E os derbys devem ser vividos com respeito mútuo. Quanto a mim, serei um adepto privilegiado que estará a orientar a partir do banco uma equipa enorme, uma família gigante com o crer maior ainda. Contem connosco. Podemos não ser felizes, mas tudo faremos para dignificar o nosso símbolo e sê-lo no final”.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here