II DIVISÃO DISTRITAL»» Houve mesmo campeonato até ao fim


Promoção foi garantida na última jornada…

PESCADORES JUNTARAM-SE AO COMÉRCIO INDÚSTRIA NA SUBIDA À 1.ª DIVISÃO
 
Um golo solitário de Tiago Machado, marcado no decorrer da primeira parte, deu a vitória à equipa da Costa de Caparica que regressa assim à 1.ª Divisão Distrital de onde havia saído na época de 2016/2017, tal como o Comércio Indústria.  
                                     

Os Pescadores da Caparica juntaram-se ao Comércio Indústria na subida à 1.ª Divisão Distrital.

Os setubalenses, que receberam o troféu no final o jogo com o Seixal, tinham garantido a promoção na jornada anterior mas os Pescadores tiveram que lutar mesmo até ao fim para fazerem a festa que aconteceu após a vitória alcançada sobre o Almada na derradeira jornada.

O jogo era decisivo para ambas a equipas e isso fez com que muita gente se tivesse deslocado ao campo dos Pescadores que registou uma das maiores enchentes dos últimos tempos.

Como seria de esperar o jogo foi disputado de forma muito renhido pelas duas equipas que precisavam de ganhar para alimentarem o sonho e neste aspecto foi mais feliz a equipa da Costa de Caparica que se adiantou no marcador por Tiago Machado, no decorrer da primeira parte, precisamente aos 24 minutos.

Na segunda parte, apesar do esforço dos jogadores, não se registaram mais golos e no fim a festa foi dos caparicanos que estão assim de regresso à 1.ª Divisão Distrital de onde havia saído, tal como o Comércio Indústria, na época de 2016/2017.


Numa breve análise global sobre aquilo que foi a competição parece não restarem dúvidas que subiram as duas melhores equipas do campeonato, comprovando assim que não foi por acaso porque na primeira fase ficaram em primeiro lugar nas respectivas séries, o Comércio Indústria na Série A e os Pescadores na Série B.

Mesmo à porta, a um ponto de distância da equipa da Costa de Caparica, ficou o Atlético Alcacerense que realizou também uma boa prova mas não foi suficiente para chegar onde queria. À partida para esta jornada a equipa ainda tinha algumas hipóteses e fez o que lhe competia mas acabou por ‘morrer na praia’.

O Seixal era de todos o que tinha a tarefa mais complicada porque precisava de derrotar o ‘campeão’ e necessitava ainda que o Atlético Alcacerense não ganhasse ao Estrela de Santo André. Ora nada disto aconteceu e como tal os seixalenses, que sofreram alguns dissabores em casa, tiveram que se contentar com o quarto lugar.  


Resultados da última jornada: Pescadores 1 Almada 0; Alcacerense 2 Santo André 0; Comércio Indústria 3 Seixal 1.

Classificação Final: 1.º, Comércio Indústria, 23 pontos; 2.º Pescadores, 17 pontos; 3.º Alcacerense, 16 pontos; 4.º Seixal e Almada,13 pontos; 6.º Santo André, 4 pontos.

Share on Google Plus