COSTA DE CAPARICA»» Tiago Machado e a subida de divisão - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

28 de junho de 2019

COSTA DE CAPARICA»» Tiago Machado e a subida de divisão

Teve acção preponderante no jogo decisivo…

“FOI UM GOLO QUE QUALQUER JOGADOR GOSTARIA DE TER MARCADO”

Tiago Machado, avançado de 21 anos que fez toda a sua formação no Cova da Piedade e se encontra há duas épocas na Costa de Caparica, foi o jogador que marcou o golo da vitória dos Pescadores sobre o Almada no jogo decisivo que garantiu o regresso à 1.ª Divisão Distrital.

Numa breve entrevista que concedeu ao nosso jornal o jogador explicou o sentimento que teve por ter marcado aquele golo, falou sobre aquilo que foi a época desportiva de 2018/2019 e da sua ambição na qualidade de atleta.   

Que significado teve para ti o golo que marcaste na vitória sobre o Almada que garantiu a subida de divisão?
Foi um golo que qualquer jogador gostaria de ter marcado. Fiquei muito feliz por ter tido essa oportunidade mas acima de tudo foi a importância do mesmo que valeu a subida e deu ainda mais significado ao trabalho e ao esforço de um grupo/direcção ao longo do ano.




Em termos pessoais, como correu a época?
A nível pessoal foi uma época bastante positiva, sendo atacante, e como se diz na gíria, “vivemos de golos”, não foi um ano recheado deles, mas fiz golos bastante importantes ajudando a equipa a cumprir o principal objectivo a que nos propusemos, ajudar o Costa a chegar um pouco mais perto do patamar onde merece estar.

Alguma vez, vocês jogadores, sentiram que o objectivo estava perdido, ou acreditaram sempre que estava ao vosso alcance?
Houve um único momento na época onde sentimos não estar totalmente perdido, mas muito mais difícil. Foi após o apito final do jogo em casa com o Santo André. Foi a nossa única derrota em casa, e numa altura bastante decisiva do nosso campeonato. Quero aproveitar e deixar também uma palavra a todo o grupo, penso que se não fosse a nossa união e a “família” que criámos desde o primeiro dia que pisámos aquele balneário, jamais teríamos dado a volta a uma fase menos boa que atravessámos.


Até onde pretendes chegar como jogador?
No meu intender as aspirações de um futebolista têm de ser ilimitadas. Portanto, no que depender de mim, irei fazer tudo o que estiver ao meu alcance, para chegar o mais longe possível neste meio, naturalmente a uma liga profissional. Logicamente não é fácil, mas se conseguirmos conciliar o trabalho com o talento, estamos mais perto do sucesso.

Queres acrescentar algo mais ao que foi dito?
Queria agradecer (em nome de todo o grupo), a toda a massa associativa que nos acompanhou ao longo de todo o ano, foram incansáveis. Uma palavra de gratidão também à direcção que nos proporcionou todos as condições para chegarmos mais facilmente à tão desejada subida de divisão. 


Post Bottom Ad

Responsive Ads Here