COSTA DE CAPARICA»» Nuno Ferreira comenta derrota com Santo André

Equipa perdeu pontos de forma pouco digna…

“NÃO TIVEMOS A ARTE E O ENGENHO NECESSÁRIOS PARA GANHAR”

"Perdemos uma oportunidade única de nos chegarmos à frente na entrada da recta final do campeonato.

Perdemos pontos onde não podíamos, de uma forma pouco digna, de acordo com aquilo que tem sido a nossa época. Entrámos nervosos e algo pressionados com a responsabilidade que assumimos em querer subir de divisão. Vínhamos de uma derrota em Alcácer e era imperativo ganhar para voltarmos aos lugares de acesso à primeira divisão. No entanto, não tivemos a arte e o engenho necessários para o conseguir.

Recebemos um Santo André desinibindo e a praticar um bom futebol. Uma equipa que não deixou jogar e que atacou com qualidade chegando à vantagem num canto à passagem do primeiro quarto de hora da segunda parte.


Como seria de esperar, a razão começou a deixar-se ultrapassar pelo coração e começámos a abdicar dos nossos princípios para cair num jogo mais feio e mais directo.

Conseguimos o golo do empate aos 90’ na cobrança de um penalti, mas a ambição desmedida em querer a vitória fez-nos sofrer o segundo golo que deitou por terra as aspirações de ganhar.

A apenas duas jornadas de acabar o campeonato, resta-nos voltar a ser competentes como fomos na grande maioria dos jogos até aqui e esperar que a “estrelinha” esteja do nosso lado, como também já esteve em algumas fases.

Não dependemos de nós, mas queremos voltar aos bons jogos e aos bons resultados. Não há mais margem para eros”.

Share on Google Plus