ESTRELA DE SANTO ANDRÉ»» Cadu e o título da equipa de Juniores

Temos gerações muito boas aqui na zona…

“O FEITO CONSEGUIDO SÓ TEM SIGNIFICADO SE TIVER CONTINUIDADE”

A equipa de juniores do Estrela de Santo André foi uma agradável surpresa na época de 2018/2019 que culminou com a conquista do título de campeão distrital da 2.ª Divisão.

Na fase final, a equipa treinada por Cadu, não deu qualquer hipótese aos adversários e chegou ao fim em primeiro lugar com 22 pontos, mais quatro que U. Santiago que também foi promovido e Charneca de Caparica. E, para além disso, terminou esta fase sem derrotas, foi a equipa com mais vitórias (6), a que marcou mais golos (30), juntamente com o U. Santiago e a que sofreu menos golos (14). Contra factos não há argumentos e os números falam por si. O Estrela de Santo André foi mesmo a melhor equipa e por isso um justo vencedor.


O nosso jornal estabeleceu uma pequena conversa com o treinador da equipa campeã que revelou mais alguns pormenores:

O Estrela de Santo André conquistou o título de Campeão Distrital da 1.ª Divisão. Pode-se dizer que foi o culminar de uma época fantástica?
Sim, foi uma época que acabou da melhor forma. Trabalhámos para isso e fomos humildes para nos jogos menos conseguidos ainda melhorar mais.

Quando é que sentiu que poderia ser realmente campeão?
- No pré-competitivo, em Setúbal, quando participámos num torneio nos Pelezinhos com equipas da 1.ª e 2.ª divisão. Ao conseguirmos vencer o torneio, e pelo feedback de outros treinadores mais acima de Setúbal que diziam que tínhamos equipa para fazer uma boa época.


Por norma, as equipas mais a sul do distrito são consideradas mais fracas devido essencialmente ao menor poder de recrutamento, mas desta vez não foi bem assim. Isso quer dizer que também há qualidade na região?
Quanto ao recrutamento que se refere são duas equipas que vêm com mentalidade forte da época passada. O União que subiu da 3.ª para 2.ª em juvenis como campeão. E, nós Estrela, que subimos da 2.ª para a 1.ª, em juvenis. As infra-estruturas vão melhorando, os treinadores adquirindo novos conhecimentos e isso também ajuda na questão do recrutamento. Mas sim temos gerações muito boas aqui na zona. 

Que importância tem para o clube o feito agora conseguido?
O feito só tem significado se tiver continuidade, ou seja cerca de 90% desta equipa é de primeiro ano, para o ano são juniores de segundo ano e isso é muito bom.

A próxima época vai ser mais exigente, já começou a ser preparada?
Agora é com a direcção, vamos reunir e verificar possíveis perdas com as subidas de escalão e com a Universidade e depois tentar tapar as lacunas. O que pretendo para tal continuidade deste projecto já foi facultado ao presidente. Eu tenho um objectivo mas vou aguardar por decisão da direcção.

Share on Google Plus