TAÇA DE PORTUGAL»» PRAIENSE 4 FABRIL 0

Resistência do Fabril quebrou à beira do intervalo …

EQUIPA AÇORIANA FOI SEMPRE MAIS FORTE

O Desportivo Fabril que foi goleado pelo Praiense no Estádio Municipal da Praia da Vitória por 4-0, num jogo sem grande história dada a superioridade do adversário, que ao intervalo vencia por 1-0, com o golo que marcou na cobrança de uma grande penalidade, já em período de compensação (45+1’).

Na segunda parte, a equipa fabrilista procurou contrariar a superioridade do adversário mas foi impotente para travar o futebol ofensivo do Praiense que acabou por marcar de novo aos 55’ por Márcio Augusto, aos 64’ por Magina e aos 74 minutos, outra vez por Márcio Augusto.

Ao Desportivo Fabril resta agora aguardar pelo sorteio da segunda eliminatória para ficar a saber se é um dos vários clubes que serão repescados.


FICHA DE JOGO

Jogo no Estádio Municipal, na Praia da Vitória
ÁRBITRO: Marco Cruz (Porto)

PRAIENSE: Tiago Mais; Bruno Sousa, Diogo Careca, Welliton, Itto Cruz; João Peixoto, Márcio Augusto, Sérgio Teles (Vitinha, 61’); Ragner Paula (Diogo Moniz, 79’), Matheus Souza e Magina (Marcos Silva, 75’).
Treinador: Francisco Agatão.

FABRIL: João Marreiros; Adérito, João Rocha, Carlos André, Hugo Graça (Dieb, 55’); Balela, Celestino, Pedro Pereira (Nhaga, 65’), Edi Tavares; Iguaran (Valter, 75’) e Bruninho.
Treinador: Élio Santos


Ao intervalo: 1-0.

Marcador: 1-0, Sérgio Teles (45+1’) gp; 2-0, Márcio Augusto (55’); 3-0, Magina (64’); 4-0, Márcio Augusto (74’).

Share on Google Plus