ALFARIM»» Comunicado sobre a derrota atribuída no jogo com o Charneca

 
Clube contesta decisão do Conselho de Disciplina…

ALFARIM VOLTA A SER VÍTIMA DE REGULAMENTOS DESACTUALIZADOS E POUCO CLAROS

Clube solicita à Associação de Futebol de Setúbal a revisão do Regulamento

A Direcção do Grupo Desportivo de Alfarim torna público para conhecimento dos associados e simpatizantes, que em face da decisão do Conselho de Disciplina da Associação de Futebol de Setúbal, Processos Disciplinares Nº 12 e 13 de 2018/2019, instaurados ao nosso Clube e ao atleta de futebol sénior Daniel Marcelino, foi-nos atribuída derrota no jogo referente à 11ª jornada da 1ª Divisão Distrital da Associação de Futebol de Setúbal, frente ao Charneca da Caparica Futebol Clube realizado no nosso complexo desportivo, que vencemos com justiça por 1 - 0, bem como a suspensão por um período de 30 dias do nosso atleta.

Desta forma passamos a relatar os factos que levaram à decisão da Associação de Futebol de Setúbal, atribuir a derrota na secretaria, no jogo frente ao Charneca da Caparica Futebol Clube:

Em jogo da 10ª jornada da 1ª Divisão Distrital da Associação de Futebol de Setúbal frente ao FC Barreirense, prova organizada por esta Associação, o atleta Daniel Marcelino foi expulso no decorrer do jogo. Desta forma e após divulgação do castigo aplicado pelo Conselho Disciplina da Associação de Futebol de Setúbal, de um jogo de suspensão, o atleta cumpriu o mesmo na 1ª eliminatória da Taça Joaquim José Sousa Marques frente ao Alcochetense, prova esta, também organizada pela Associação de Futebol de Setúbal. Realçamos o facto de o atleta estar habilitado para participar em ambas as competições.


Apesar das alegações e defesa efectuadas pelo Grupo Desportivo de Alfarim, o Conselho Disciplina da Associação de Futebol de Setúbal decidiu que o nosso atleta teria que cumprir o jogo de suspensão no campeonato da 1ª divisão distrital e não na Taça Joaquim José Sousa Marques, conforme o fizemos com perfeita convicção de não estarmos a cometer nenhuma ilegalidade, nem estarmos a colocar em causa a verdade desportiva, até porque o atleta Daniel Marcelino apenas constou na ficha do jogo frente ao Charneca da Caparica FC, não tendo sido utilizado. Não entendemos nem compreendemos que em duas competições oficiais organizadas pela mesma entidade neste caso a Associação de Futebol de Setúbal, os castigos não possam ser cumpridos em qualquer das provas.

À semelhança do que já aconteceu no passado, o Grupo Desportivo de Alfarim volta a ser vítima de Regulamentos desactualizados e pouco claros, que penalizam as formações que disputam competições da Associação de Futebol de Setúbal, pelo que solicitamos à Associação de Futebol de Setúbal a sua revisão, para que possam ser o mais concisos possível.

Vimos desta forma enaltecer a forma como toda a estrutura do Departamento de Futebol Sénior do Grupo Desportivo de Alfarim tem trabalhado e pela excelente época desportiva, que tanto tem prestigiado o nosso Clube e o Concelho de Sesimbra.

Share on Google Plus