CAMPEONATO DE PORTUGAL»» AMORA 2 PINHALNOVENSE 1


Coração sofre na Medideira…

JOCA FOI O PROTAGONISTA DE UM JOGO QUE SÓ FICOU RESOLVIDO MESMO NO FIM  

Num dos jogos mais relevantes da 22.ª jornada do Campeonato de Portugal disputado, com casa cheia, no Estádio da Medideira que proporcionou entrada livre aos seus adeptos, o Amora venceu o Pinhalnovense por 2-1, num jogo que teve poucas oportunidades de golo.

Joca, o marcador dos golos do Amora foi a principal figurado jogo que decorreu quase sempre em toada morna à excepção dos últimos minutos em que o ambiente aqueceu demasiado e até originou a expulsão de João Pinto, jogador do Pinhalnovense, na sequência da falta que cometeu para penalti, da qual resultou o golo da vitória do Amora, já em período de compensação.

A jogar em casa perante os seus adeptos que marcaram presença em grande número o Amora entrou bem no jogo e por volta dos cinco minutos criou a primeira oportunidade do encontro por intermédio de Johnson que testou a capacidade do guarda-redes do Pinhalnovense, Pedro Carvalho.


Os pupilos de Pedro Russiano mostravam muita vontade em chegar ao golo mas nem sempre o faziam da melhor forma e assim foi preciso esperar até aos 31 minutos, altura em que Joca concluiu da melhor forma, de cabeça, um cruzamento vindo do lado esquerdo do seu ataque.

A equipa de Pinhal Novo, que se mostrava pouco agressiva em termos ofensivos, durante toda a primeira parte não fez praticamente nenhum remate enquadrado com a baliza contrária, pelo que a vantagem do Amora ao intervalo se afigurava perfeitamente justa.

Na segunda parte o jogo continuava em toada morna mas com o golo do Pinhalnovense marcado por Diego  Zaporo na cobrança de uma grande penalidade, assinalada aos 81 minutos, a punir falta de Patrick Costinha sobre um adversário, tudo mudou.

O resultado não satisfazia de forma nenhuma as pretensões do Amora e este num último esforço acabou por chegar à vitória também na conversão de um pontapé de penalti, muito contestado pelos jogadores do Pinhalnovense. Joca, assumiu a responsabilidade e atirou a contar para o fundo da baliza adversária sem hipóteses para Pedro Carvalho.

Em suma, num jogo nem sempre bem jogado, acabou por ganhar a equipa que mais fez por isso e aquela que mostrou ser mais eficaz.

Com esta vitória o Amora, que está em 5.º lugar, passou a somar 38 pontos, ficando a seis do segundo classificado, o Real, que foi ganhar aos Açores.  O Pinhalnovense está na décima posição com 30 pontos.

Na próxima jornada o Amora desloca-se a Loulé e o Pinhalnovense recebe o 1.º Dezembro.

Share on Google Plus