II LIGA»» Benfica 0 Académica 1

Águias penalizadas porque foram pouco criativas…  

ESTUDANTES MOSTRARAM MAIS MATURIDADE NO MOMENTO DA DECISÃO

O Benfica teve mais iniciativa de jogo e mais posse de bola mas as suas acções ofensivas não produziram o efeito desejado devido à boa organização defensiva da briosa que conseguiu anular sempre com êxito as investidas dos benfiquistas que se mostraram pouco criativos ao longo de todo o encontro.

A vitória assenta bem aos estudantes porque para além do golo, foram a equipa mais perigosa, atiraram duas bolas ao poste e foram obrigados a fazer duas substituições, por lesão, ainda antes do intervalo, Djousse (28’) e Zé Castro (45+1’).  

A primeira oportunidade do encontro pertenceu à Académica, aos sete minutos, por Djousse que colocou à prova Zlobin e na recarga atirou ao poste. O Benfica respondeu por Willlock (12’) mas o remate saiu ao lado.

As águias começavam a exercer algum domínio mas não criavam grande perigo para a baliza adversária e aos 40 minutos os estudantes voltaram a estar perto do golo num remate de Zé Castro que seria travado por Zlobin e depois pelo poste, mantendo-se desta forma o nulo até ao intervalo.

Na segunda parte tudo continuou na mesma com o Benfica a mandar no jogo e a Académica a tentar responder nas transições mas com a bola a andar um pouco longe das balizas até que aos 72 minutos a briosa voltou a ameaçar por Júnior que obrigou Zlobin a mais uma boa intervenção.

E, cinco minutos depois, surgiu o golo que daria a vitória aso estudantes num lance em que Nuno Tavares hesitou, Romário ganhou o lance colocou na área onde apareceu Jonathan a empurrar a bola para o fundo da baliza marcando assim o golo da vitória da sua equipa no jogo de estreia.


DESTAQUES: 

ZLOBIN (Benfica): 

Mostrou a razão porque foi chamado à equipa principal. Fez uma exibição de grande nível, evitando por diversas vezes o golo do adversário, a última das quais mesmo a acabar a partida.



  
JONATHAN (Académica)

O jogador que alinhava no Varzim por empréstimo do Huesca não podia ter melhor estreia. Mostrou bons apontamentos ao longo do encontro e teve o privilégio de marcar o golo da vitória. Mereceu bem a praxe de que foi alvo antes do encontro se iniciar.   



FICHA DO JOGO

Jogo no Caixa Futebol Campus, Seixal.
ÁRBITRO: Pedro Vilaça (Viana do Castelo), auxiliado por Jorge Oliveira e Ângelo Carneiro.

BENFICA B: Zlobin; Corchia, Kalaica ©, Pedro Álvaro, Nuno Tavares; Tiago Dantas, Benny (Nuno Santos, 81’), Gonçalo Ramos, Willock (Bernardo, 81’), Jota e Zé Gomes (Saponjic, 76’).
Treinador: Renato Paiva.

ACADÉMICA: Peçanha; Jean Felipe, Yuri Matias, Zé Castro (João Real, 45+1), Mike; Dias ©, Jonathan (Fernando Alexandre, 86’), Guima, Júnior Sena ; Romário e Djousse (Hugo Almeida, 28’).
Treinador: João Alves.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador: 0-1, Jonathan (77’)

Disciplina: A  Tiago Dantas (33’), Guima (41’), Jonathan (45+2’), Pedro Álvaro (72’) e João Real (90+2’).

Share on Google Plus