COSTA DE CAPARICA»» Primeiro objectivo está quase alcançado


Nuno Ferreira, treinador dos Pescadores…

“CONSEGUIMOS A NOSSA SEXTA VITÓRIA CONSECUTIVA E AUMENTÁMOS A DISTÂNCIA PARA O QUARTO CLASSIFICADO”


O Grupo Desportivo Pescadores da Costa de Caparica continua a fazer um campeonato notável. A equipa está em primeiro lugar com o estatuto de invencível e acaba que conquistar a sua sexta vitória consecutiva que deixou os seus adversários mais distantes. As coisas estão a correr bem mas não têm sido fáceis de conseguir e o resultado obtido na última jornada é a prova disso, como explicou ao nosso jornal o treinador Nuno Ferreira.

“Foi um jogo difícil, de natural ascendência nossa mas bastante equilibrado. Prova disso, foi o que aconteceu no último minuto do jogo. Uma grande defesa do nosso guarda-redes e na resposta o nosso segundo golo”.

“Fomos ao Zambujal à procura de alguma tranquilidade, numa jornada em que o nosso concorrente directo folgava (havíamos jogado com o Seixal na jornada anterior e estávamos em igualdade pontual à entrada para a mesma). Portanto, era importante que mantivéssemos os nossos resultados positivos e conseguíssemos aumentar a distância para seis pontos, e isso foi conseguido”.


Nulo ao intervalo era aceitável

“Apresentámo-nos na nossa máxima força e rapidamente procurámos o golo e ao longo da primeira parte foram algumas as oportunidades criadas mas também não é menos verdade que o Zambujalense também dispôs de uma ou duas. Quer isto dizer que o nulo ao intervalo era um resultado perfeitamente aceitável”.

“À entrada para a segunda parte procurámos alterar algumas coisas que estavam menos bem, fizemos duas substituições, mexemos algumas peças que estavam dentro de campo e conseguimos chegar ao golo aos 50 minutos. O Zambujalense foi à procura do empate e nós íamos conseguindo chegar naturalmente à zona de finalização com maior facilidade, em relação ao que tinha acontecido na primeira parte”.


A emoção no último minuto

“O jogo aparentava estar controlado mas sabemos que 1-0 é sempre um resultado difícil. O adversário nunca deu parte de fraco mas nós também continuámos à procura do golo. Já no último lance da partida (faltavam 15” para terminar), num canto a favor do Zambujalense, apareceram dois jogadores livres de marcação em zona de finalização e numa defesa extraordinária, o nosso guarda-redes conseguiu assegurar os três pontos. Na sequência desse lance, saímos rapidamente e conseguimos fazer o 2-0. A bola ainda foi ao centro mas o árbitro acabaria por finalizar o jogo logo de seguida”. 

“Conseguimos a nossa sexta vitória consecutiva e aumentámos a distância para o quarto classificado. Todos os objectivos definidos em termos classificativos para a jornada anterior, foram alcançados. Agora resta-nos manter o foco para as próximas quatro jornadas e assegurar o quanto antes a qualificação para a fase final, onde queremos muito estar presentes”.

Share on Google Plus