JUVENIS»» BENFICA 2 BELENENSES 0

João Tomé e Rodrigo Matos fizeram a diferença…

ÁGUIA FOI MAIS DOMINADORA E EFICAZ

O Benfica venceu o Belenenses por 2-0, com um golo marcado em cada parte, em jogo relativo à 3.ª jornada da Série D do campeonato nacional de juvenis.  

Na primeira parte as águias tiveram muita posse de bola, produziram mais futebol ofensivo e exerceram domínio bastante acentuado mas criaram poucas situações de golo porque o critério no momento da finalização não era o melhor. E, foi preciso esperar pelo 24.º minuto para ver finalmente a bola na baliza adversária. Pedro Santos na cobrança de um livre colocou na área, no desenvolvimento do lance a bola sobra para João Tomé que domina com o pé direito e atira com êxito com o esquerdo.

O Belenenses, que se mostrava bem organizado, respondia sempre que podia com algumas transições e numa ou outra ocasião também incomodou André Gomes, mas até ao intervalo de significativo há apenas a registar uma boa incursão de Negrão, pela direita, que culminou com uma defesa apertada de Gonçalo Arvelos.
   
Na 2.ª parte, o Belenenses aventurou-se mais no ataque e o jogo ficou mais equilibrado mas com maior ascendente do Benfica que chegou ao segundo golo por Rodrigo Matos (74’), após cruzamento de Negrão, ex-V. Guimarães, que teve uma estreia bastante positiva com a camisola do Benfca. 

 
TREINADORES:

Filipe Coelho (Benfica): “A nossa vitória é justa mas defrontámos uma equipa que não se limitou apenas a defender. Nos últimos minutos, devido ao calor, tornou-se difícil tomar boas decisões mas conseguimos gerir o resultado”.  

Bernardo Caetano (Belenenses): “ O Benfica teve mais domínio mas nós também conseguimos ter bola e acabou por haver equilíbrio em termos de oportunidades. Não estamos contentes com o resultado mas sim com o desempenho dos jogadores”.  
 
FICHA DO JOGO
Jogo no Caixa Futebol Campus, no Seixal
ÁRBITRO: Carlos Espadinha (Lisboa), auxiliado por Pedro Pereira e Carlos Batista

BENFICA: André Gomes; Negrão (Dário Miranda, 80’), Rafael Afonso, José Muller (António Silva, 45’), Martim Ferreira; Gustavo Mendonça, Miguel Pinto (Manuel Campos, 60’), Pedro Santos; João Tomé, Guilherme Pio e João Resende (Luís Semedo, 80’).
Treinador: Filipe Coelho

BELENENSES: Gonçalo Arvelos; Tomás Ferreira (Duarte Bonito, 75’), Miguel Ladeiro,  Duarte Henriques, Filipe Dias; Gustavo Rodrigues, Pedro Carvalho, Luís Mota (Adyan Hammaond, 54’); Tiago Moninhas (Tomás Candeias, 75’), Tomás Silva (Martim Carvalho, 75’) e Gustavo Ricci. 
Treinador: Bernardo Caetano
Ao intervalo: 1-0
Marcadores: 1-0, João Tomé (24’); 2-0, Rodrigo Matos (74‘)
Disciplina: Nada a registar 

Share on Google Plus