CAMPEONATO DE PORTUGAL»» Amora 2 Olímpico 2 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

27 de janeiro de 2020

CAMPEONATO DE PORTUGAL»» Amora 2 Olímpico 2

Olímpico tem mais razões para se sentir satisfeito…
AMORA CEDE EMPATE COM GOLO SOFRIDO AOS 89 MINUTOS


Terminou empatado o clássico disputado no Estádio da Medideira entre o Amora e o Olímpico do Montijo, jogo que se aguardava com grande expectativa devido à posição intranquila vivida pelas equipas na tabela classificativa, situação que se mantém após a realização da 19.ª jornada, porque nada se alterou.

A partida foi disputada de forma renhida pelas duas equipas que se apresentaram com algumas novidades nos seus onzes iniciais, David Silva (ex-Lusitano de Évora) no Amora e Roncatto (ex-Casa Pia) no Olímpico do Montijo. Mas, no final da primeira parte estava tudo em branco porque nenhuma das equipas havia conseguido marcar, embora o Olímpico tenha atirado uma bola ao ferro.


Na segunda parte o Olímpico do Montijo colocou-se em vantagem, aos 54 minutos, com um golo marcado por Patrick num remate cruzado efectuado do lado direito do seu ataque para o poste mais longe. Pouco depois os treinadores mexem na estrutura suas equipas e o Amora acaba por dar a volta ao marcador com golos obtidos aos 75 e 81 minutos, o primeiro num remate de Luís Elói que bateu nas pernas de Diogo Branco antes de entrar, e o segundo por Abel, com um potente remate de pé esquerdo desferido da zona da meia-lua que só parou no fundo das redes da baliza defendida por Bernardo Francisco.


O Amora começava a acreditar que poderia conquistar os três pontos mas o Olímpico também se mostrava inconformado e em consequência disso surgiu o golo da igualdade marcado por Karamoko, que tinha entrado cinco minutos antes para o lugar de Rúben Ribeiro.

Na classificação o Olímpico está em 11.º lugar com 20 pontos e o Amora em 12.º com 19 pontos, mais dois que a primeira equipa que se encontra na zona de despromoção. 

FICHA DO JOGO 
Jogo no Estádio da Medideira, em Amora
 ÁRBITRO: Carlos Cabral (Algarve).


AMORA: Cléber Santana; Chico Gomes, Rodrigo, Roberto Cunha, Bruno Saraiva (Abel, 72’); Ruben Freire (Cissé, 57’), Johnson Juah, Pedro Dias; Luís Elói, Delgado (Velez, 63’) e David Silva.
Treinador: Rui Narciso

OLÍMPICO: Bernardo Francisco; Miguel Pinéu, Hidélvis, Diogo Branco, Pedro Batista; Marcelo Castro, Ruben Ribeiro (Karamoko, 84’), Miguel Pires; Patrick (Zé Lúcio, 56’), Luisinho (Fábio Freire, 56’) e Roncatto.
Treinador: David Martins

Ao intervalo: 0-0

Marcador: 0-1, Patrick (54’); 1-1, Diogo Branco (75’) pb; 2-1, Abel (81’); 2-2, Karamoko (89’)

Disciplina: cartão amarelo para Miguel Pires (39’), Ruben Ribeiro (61’), Marcelo Castro (83’), Karamoko (89’) e Roncatto (90+1’)


Post Bottom Ad

Responsive Ads Here