JUVENIS»» BENFICA 12 LOURES 2


Contra factos não há argumentos…

MUDOU AOS SEIS E ACABOU AOS DOZE

Contra factos não há argumentos. Quer isto dizer que quando uma equipa é superior à outra em todos os aspectos, não há nada a fazer. Foi o que aconteceu neste encontro em que o Benfica goleou o Loures por margem bem dilatada (12-2) e com golos para todos os gostos.

As águias entraram a dominar, remeteram o adversário para o seu meio campo e os golos foram surgindo com naturalidade. Numa das poucas situações que teve o Loures reduziu para 4-1 na cobrança de um penalti, por David Rebelo (25’) mas quando o intervalo chegou o marcador assinalava já 6-1.

Na etapa complementar foi mais do mesmo. A equipa de Loures apareceu a jogar de forma mais desinibida mas o Benfica com um pendor puramente ofensivo, voltou a repetir a dose, marcando mais seis golos, chegando assim à dúzia contra um da equipa adversária, quando o marcador assinalava já 9-1.

Com esta vitória as águias seguem na tabela classificativa em primeiro lugar, em igualdade pontual com o Sporting, mas com uma diferença bastante acentuada em termos de golos marcados. 

No próximo sábado, dia 12, o Benfica volta a jogar em casa, desta vez com o Sporting, às 15 horas... 



FICHA DO JOGO

Caixa Futebol Campus, Seixal
ÁRBITRO: Rui Rodrigues (Lisboa), auxiliado por Hugo Coimbra e Marcelo Ribeiro

BENFICA: Samuel Soares; Filipe Cruz, Gabriel Araújo, Adrian Bajrami, Guilherme Montoia; Tomás Araújo, Paulo Bernardo, Pedro Silva (Martim Neto, 55’); Jeremy Sarmiento (João Tomé, 55’), Gerson Sousa (Henrique Pereira, 40’) e Diogo Cardoso.
Treinador: Luís Nascimento

LOURES: Rúben Mouta; Tomás Caramelo, Vasco Branco, Luís Fernando (Francisco Monteiro, 66’), Gabriel Gonçalves; Tomás Reis, Carlos Baldé, David Rebelo; Nuno Wang (Rafael Semedo, 50’), João Lacerda (Joel Mendes, 31’) e Gonçalo Costa.
Treinador: Pedro Abranja 

Ao intervalo: 6-1

Marcadores: 1-0, Tomás Araújo (6’); (15’); 2-0, Jeremy Sarmiento (11); 3-0, Diogo Cardoso (12’); 4-0, Gerson Sousa (24’); 4-1, David Rebelo (25’) gp; 5-1, Luís Fernando (29’) pb; 6-1, Gerson Sousa (36’); 7-1, Jeremy Sarmiento (44’); 8-1, Pedro Silva (50’); 9-1, Henrique Pereira (53’); 9-2, Gonçalo Costa (59’); 10-2, Paulo Bernardo (68’); 11-2, Henrique Pereira (76’); 12-2, Guilherme Montoia (79’).

Disciplina: Nada a registar

Share on Google Plus