TAÇA AF SETÚBAL»» Piedenses fizeram a festa...

Com três golos marcados em cinco minutos...

COVA DA PIEDADE ‘B’ CONQUISTOU O TROFÉU MAS QUEM VAI À TAÇA É O ORIENTAL DRAGON

 
O Cova da Piedade ‘B’ conquistou a Taça AF Setúbal “Joaquim José Sousa Marques”, relativa à época desportiva de 2018/2019, ao derrotar o Oriental Dragon, por 3-0, na final disputada no Campo Vale da Abelha, em Paio Pires.

A equipa piedense, que sucede ao Barreirense na conquista do troféu, inscreveu desta forma pela primeira vez o seu nome na lista de vencedores da qual fazem parte o Amora, com três conquistas, o Barreirense com duas, Vasco da Gama de Sines, Grandolense e Alcochetense.


Ao contrário do que é habitual, desta vez o vencedor do troféu não foi contemplado com a ida à primeira eliminatória da Taça de Portugal porque o regulamento não permite. Assim sendo, será o finalista vencido [Oriental Dragon] a marcar presença na prova rainha do futebol nacional.

Ao Cova da Piedade fica a satisfação de ter erguido a taça que já tem lugar reservado na sua montra de troféus.

A vitória foi conquistada num jogo disputado debaixo de intenso calor que levou a maioria do púbico a procurar a sombra das árvores para minimizar a situação.

Os jogadores, esses tiveram que evoluir no sintético procurando fazer o seu melhor com o objectivo de alcançarem o seu objectivo.

Logo após o apito inicial do árbitro Tiago Rodrigues, o Cova da Piedade ganha um pontapé de canto que não causou grande perigo. Depois, o Oriental Dragon pegou no jogo, exerceu algum domínio e criou algum perigo mas o Cova da Piedade acabou por inverter a tendência do jogo, marcando os seus três golos nos últimos cinco minutos da primeira parte.

Aos 41 minutos, Alphonse perdeu a bola junto à sua grande área deixando-a nos pés de Pedro Paz que atirou a contar. Três minutos depois surgiu o 2-0 por João Silva, num cabeceamento ao primeiro poste, após canto cobrado do lado direito do seu ataque e, como se isto não bastasse, no minuto seguinte, um novo erro defensivo do Oriental Dragon proporcionou o terceiro golo dos piedenses assinado por Pedro Paz, que bisou na partida.



Na segunda parte, com o resultado desfavorável, esperava-se um Oriental Dragon mais agressivo, mas não foi isso que aconteceu. Os piedenses foram controlando o jogo, jogando grande parte do tempo no meio campo do adversário que só incomodou verdadeiramente na parte final do encontro (78’) num lance “safo” quase em cima da linha de golo e depois num remate de Dâmaso (88’) que levou a bola a roçar a barra.

De registar, entretanto, que o Cova da Piedade terminou o jogo com 10 unidades por expulsão de Tiago Farinha, aos 86 minutos, por ter derrubado à entrada da área Jasir quando este se encontrava em boa posição para fazer golo.

Após o apito final do árbitro seguiu-se a festa dos piedenses e a cerimónia de entrega das medalhas e da taça que contou com a presença de Francisco Cardoso, presidente da direcção da AF Setúbal; Octávio Machado, presidente da Assembleia Geral; José Manuel Esteves, presidente do Conselho de Arbitragem; José Carlos Gomes, vereador do desporto da Câmara Municipal do Seixal e Joaquim José Sousa Marques, ex-presidente associativo, que dá nome ao troféu.


FICHA DO JOGO

Campo Vale da Abelha, em Paio Pires
ÁRBITRO: Tiago Rodrigues, auxiliado por João Lisboa e Mário Quendera. 4.º árbitro: Fábio Varanda.  

COVA DA PIEDADE: Silveira; Diogo, Tiago Farinha, João Santos, Nuno Longo; João Silva, Diogo Tomé, Dino Semedo (Yi Chen, 84’); Iniesta (Vasco Ramalho, 68’), Pedro Paz e Canina (Pedro Carvalho, 78’).
Treinador: Ricardo Estrelado

ORIENTAL DRAGON: Yao; Ju, Balela, Diogo, Ivan; Dâmaso, Alphonse, Carlitos; Cajó, Wiliam (Jasir, 45’) e Moisés (Papi, 86’).
Treinador: Nuno Cirilo

Ao intervalo: 3-0

Marcadores: 1-0, Pedro Paz (41’); 2-0, João Silva (44’); 3-0, Pedro Paz (45’).

Disciplina: cartão amarelo a Silveira (75’) e vermelho a Tiago Farinha (86’).





Share on Google Plus