APOIO A FUNDO PERDIDO»» Clubes da 1.ª Divisão Distrital vão receber 1500 euros - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

APOIO A FUNDO PERDIDO»» Clubes da 1.ª Divisão Distrital vão receber 1500 euros

 

FPF auxilia clubes em tempo de pandemia…

 


2.ª E 3.ª DIVISÃO NACIONAL FEMININA, 2.ª DIVISÃO DISTRITAL E FUTSAL TAMBÉM VÃO SER CONTEMPLADOS

 

 

Clubes podem também usufruir de um empréstimo sem juros que pode ser pago em quatro anos

  

 


Face ao impacto gerado pela pandemia Covid-19 a Direcção da Federação Portuguesa de Futebol decidiu instituir um novo fundo de apoio, destinado a ajudar os clubes das provas nacionais e distritais que foram obrigados a suspender a sua actividade.

 

O objectivo deste novo fundo é permitir que as Associações Distritais auxiliem os clubes das suas competições neste período especialmente difícil em que as provas foram suspensas devido à pandemia Covid-19, bem como auxiliar, directamente, os clubes participantes nas provas nacionais.

 

Este programa de auxílio, com um valor global de 2 milhões de euros, terá uma parte a fundo perdido e outra a título de empréstimo.


 

Assim, cerca de um terço (660 mil euros) será entregue a fundo perdido, enquanto o restante 1,34 M€ terá de ser liquidado em quatro anos, até 2025.

 

O regulamento de atribuição dos fundos prevê que cada Associação receba 15 mil euros, “bem como um valor variável por cada clube que se encontrava em actividade em Janeiro de 2021”.

 

Assim, os clubes da 2.ª divisão feminina e primeiras divisões distritais recebem 1500 euros, enquanto as outras divisões distritais e a terceira feminina podem aceder a 1250 euros e futsal 1000 euros.

 

Os apoios concedidos pela FPF são entregues directamente ou por cada Associação aos clubes nela filiados.


 

O valor a liquidar a título de empréstimo (67%) sem juros tem de ser liquidada junto da FPF da seguinte forma: 10 por cento no primeiro ano (2022), 20 no segundo, 30 no terceiro e 40 no quarto (2025), sem juros.

 

Este fundo de apoio já havia sido anunciado há duas semanas pelo líder federativo, Fernando Gomes, na sequência da suspensão das provas distritais por força do confinamento obrigatório.

 

Na sua nota oficial, a FPF explica que “o objectivo deste novo fundo é permitir que as associações distritais auxiliem os clubes das suas competições neste período especialmente difícil, bem como auxiliar directamente os clubes participantes nas provas nacionais”.


loading...

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here