ARBITRAGEM»» Árbitros setubalenses em destaque


João Marques subiu à categoria C2…

ANDRÉ NARCISO NO TOP 10 A NÍVEL NACIONAL E DINIS GORJÃO PROMOVIDO À 2ª LIGA


Terminada a época de 2018/19 é hora de analisar os resultados dos árbitros da AF Setúbal a nível nacional.

O único árbitro na Categoria C1 referente às Ligas Profissionais, André Narciso, classificou-se em 9.º lugar, entre os 20 melhores do país, naquela que foi a sua época de estreia no topo. Esta foi uma época de afirmação para o jovem do Núcleo de Árbitros de Futebol da Cidade de Setúbal.


No que diz respeito aos árbitros assistentes o melhor foi Rui Cidade na 5.ª posição, seguido de Rui Teixeira em 9.º lugar, Paulo Ramos em 13.º,  António Godinho em 22.º e Venâncio Tomé em 37.º lugar sendo que todos se mantiveram no principal escalão.

Na 2.ª Liga apenas estava o árbitro assistente João Jacob que se classificou no 20.º e último lugar, sendo despromovido.

Na Categoria C2 dos árbitros, referente ao Campeonato Portugal, o melhor foi Dinis Gorjão em 8.º lugar e que somado ao facto da prestação positiva no Estágio de Elite para Árbitros conseguiu ser promovido à 2.ª Liga Portuguesa de Futebol Profissional, na próxima época. Destaque para o 13.º lugar de Luís Reforço. Paulo Barradas em 42.º lugar e João Bernardo em 55.º lugar conseguiram a manutenção mas David Salvador classificado em 62.º lugar foi despromovido.


No Estágio de Árbitros C3 Avançado, para os árbitros que tentam a promoção aos nacionais, João Marques conseguiu a 7.ª posição e conseguiu subir a C2. A mesma sorte não tiveram Sérgio Jesus e Pedro Afonso, que se mantêm no mesmo escalão.


No Quadro feminino a melhor árbitra foi a internacional Sílvia Domingos em 12.º lugar seguida de Tatiana Martins em 14.º lugar que assim se mantiveram no patamar cimeiro. Sophia Rosa em 16.º lugar foi despromovida.

Share on Google Plus