COVA DA PIEDADE»» Clube diz não ter outra alternativa

Órgãos sociais deliberaram, por unanimidade…


SAD IMPEDIDA DE FREQUENTAR AS INSTALAÇÕES DO ESTÁDIO


O Clube Desportivo Cova da Piedade e a SAD continuam a não se entender e, face ao incumprimento por parte da sociedade desportiva, os órgãos sociais do clube deliberaram, por unanimidade, que até ao integral cumprimento por parte da SAD, nomeadamente até ao pagamento dos montantes em divida, por forma a “começar a época desportiva com saldo zero”, aplicar o mandato conferido pelos sócios de clube na Assembleia Geral de 15 de Fevereiro, que consistem em “limitar à CDCP-SAD o acesso a equipamentos ou instalações, símbolos ou quaisquer outros meios do clube utilizados pela CDCP-SAD enquanto os incumprimentos se mantiverem” e “informar a Liga Portugal, Federação Portuguesa de Futebol, Associação de Futebol de Setúbal e Instituto Português do Desporto dos constantes incumprimentos e irregularidades de que tem conhecimento na CDCP – SAD”.


Assim, de acordo com o comunicado emitido pelo clube como a SAD até ao dia 7 de Julho não regularizou os pagamentos em atraso, “as equipas, treinadores, dirigentes e todo o staff da SAD estará impedido de frequentar as instalações do Complexo Municipal José Martins Vieira”.

Os dirigentes do clube têm consciência que esta é uma medida limite, mas “o comportamento da SAD perante o clube não deixou outra opção, e temos consciência que é uma medida tomada na defesa dos interesses do clube”.

O comunicado termina dizendo que “continuaremos, como até aqui, disponíveis para em conjunto com a SAD encontrar soluções que possam por termo a estas situações”.


Share on Google Plus