CHARNECA DE CAPARICA»» Pronto para a retoma se houver condições - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

domingo, 31 de janeiro de 2021

CHARNECA DE CAPARICA»» Pronto para a retoma se houver condições

 


A maioria dos clubes quer o reinício das competições…

 

“ENTRE ABRIL E JUNHO HÁ 16 DATAS DISPONÍVEIS QUE DÃO PARA TERMINAR O CAMPEONATO”

 

 


José Manuel Santos, presidente do clube, diz que seria impossível fazer um campeonato a duas voltas porque existe o risco de não se poder concluir só com uma. Esta foi a única saída para que todos pudessem competir.

 

 

 



Como é do conhecimento geral as competições de âmbito distrital encontram-se suspensas e assim vão continuar não se sabe até quando. A situação está a causar preocupação em alguns clubes que começam a colocar dúvidas sobre a retoma da actividade desportiva.

 

Para falar sobre o assunto convidámos o presidente do Charneca de Caparica Futebol Clube, José Manuel Santos:


 

“Em primeiro lugar, a minha solidariedade a todos os clubes que atravessam uma fase difícil, talvez única de todo o seu historial. Vejo, no entanto, vários comentários que não estão de acordo com as reuniões realizadas entre clubes e AFS que têm sido determinantes para a realização destes campeonatos atípicos. É verdade que houve três ou quatro clubes que não queriam o início dos campeonatos, os restantes decidiram avançar, inclusive a uma volta, sendo que esses clubes contra, aceitaram as regras democraticamente. Um bem-haja para eles”, começou por dizer.


 

E, prosseguindo, acrescentou: “De facto não seria esta a forma de disputar os campeonatos, mas seria a única saída para que todos pudéssemos competir. Vejam como seria impossível fazer um campeonato a duas voltas, se estamos em risco de não concluirmos só com uma. Estamos todos no mesmo barco, partimos todos em igualdade de circunstâncias, todos já parámos de treinar. No Charneca já é a 3ª vez, mas estaremos prontos para reiniciar (caso haja condições) porque a saúde de todos está acima de qualquer jogo de futebol”.



 

Apesar do momento actual ser complicado, José Manuel Santos está optimista em relação à retoma das competições, justificando a sua ideia.


 

“Caso possa ter início em Abril e terminar em Junho, data limite do seu término (significava que a situação da pandemia estava controlada), existem 16 datas disponíveis entre Domingos e Feriados que daria para terminar, não sem que no entanto se realizassem os jogos em atraso. Quero salientar que esta é a minha opinião pessoal, pois eu não recebo recados. Acredito e tenho a consciência que a maioria dos clubes quer o reinício dos campeonatos e o Charneca também, mas nada fará recuperar o que todos já perderam, principalmente a nível da formação”.


 

A formação a as eleições

 

Por falar em formação quisemos saber como o Charneca de Caparica está a lidar com a situação sabendo que é um clube com um grande número de jovens atletas.


 

“Como todos sabemos os clubes de formação como o Charneca vivem das mensalidades dos atletas, não havendo atletas não há receitas mas também há muito menos despesa. No nosso caso, temos 380 atletas e 47 treinadores, cumprimos rigorosamente com todos até 31 de Dezembro. Neste momento estamos fechados, mas com tudo em dia. Sei que há muitos clubes em dificuldades mas nós concorremos a um programa de apoio promovido pelas nossas autarquias (em que todos tivemos acesso) e fomos contemplados com uma verba curta. Juntando a ela alguns patrocínios, que se mantiveram fieis, deu-nos para manter as despesas neste período de inactividade”.


 

Outro tema abordado foi o acto eleitoral para a Associação de Futebol de Setúbal que vai ser disputado, não se sabe quando, por duas listas.


 

“Sobre as eleições, todos sabem que o Charneca apoia a continuidade porque sabe que é gente de bem, sabemos também que existe muito trabalho a fazer, mas todos juntos (clubes) havemos de chegar a bom porto”.



 

E a finalizar deixou uma mensagem: “Aproveito para saudar todos aqueles que mantêm a esperança de continuarem a lutar por um ideal que nos é comum. Estou ansioso de os rever a todos nos relvados aos Domingos. Protejam-se, fiquem em casa”.



loading...

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here